A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que previa a obrigatoriedade da adoção do voto impresso nas eleições brasileiras foi derrotada na noite desta terça-feira pela Câmara dos Deputados, mesmo a maioria dos parlamentares votando favorável ao atraso do voto impresso. O placar registrou 229 votos a favor e 218 contra. Houve uma abstenção PO-pulista, de Aécio Neves. Como se trata de uma PEC, para ser aprovada, a matéria precisaria do voto de 308 dos 513 deputados.

Ou seja, mesmo ganhando, o ainda presidente Jair Bolsonaro foi derrotado.

Anteriormente, a comissão especial da Câmara, já tinha derrotado esta PEC, mas o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), decidiu levá-la ao plenário, que acabou sendo definitivamente derrotada.

Veja, abaixo, como votaram os deputados mineiros sobre o tema.

A favor do voto impresso:

Alê Silva (PSL)

Charlles Evangelista (PSL)

Delegado Marcelo Freitas (PSL)

Diego Andrade (PSD)

Dimas Fabiano (PP)

Domingos Sávio (PSDB)

Dr. Frederico (Patriota)

Emidinho Madeira (PSB)

Eros Biondini (PROS)

Euclydes Pettersen (PSC)

Franco Cartafina (PP)

Fred Costa (Patriota)

Gilberto Abramo (Republicanos)

Greyce Elias (Avante)

Hercílio Coelho Diniz (MDB)

Júlio Delgado (PSB)

Junio Amaral (PSL)

Lafayette Andrada (Republicanos)

Léo Motta (PSL)

Lincoln Portela (PL)

Lucas Gonzalez (Novo)

Misael Varella (PP)

Stefano Aguiar (PSD)

Subtenente Gonzaga (PDT)

Weliton Prado (Pros)

Zé Vitor (PL)

Contra o voto impresso:

Aelton Freitas (PL)

André Janones (Avante)

Áurea Carolina (PSOL)

Eduardo Barbosa (PSDB)

Leonardo Monteiro (PT)

Luis Tibé (Avante)

Marcelo Aro (PP)

Mário Heringer (PDT)

Newton Cardoso Jr (MDB)

Odair Cunha (PT)

Padre João (PT)

Patrus Ananias (PT)

Paulo Guedes (PT)

Reginaldo Lopes (PT)

Rodrigo de Castro (PSDB)

Rogério Correia (PT)

Tiago Mitraud (Novo)

Vilson da Fetaemg (PSB)

Abstenção

Aécio Neves (PSDB)

Não votaram

Bilac Pinto (DEM)

Fábio Ramalho (MDB)

Igor Timo (Podemos)

Marcelo Álvaro Antônio (PSL)

Mauro Lopes (MDB)

Paulo Abi-Ackel (PSDB)

Pinheirinho (PP)

Zé Silva (Solidariedade)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − 5 =