CABRAL DELATA AÉCIO E APONTA PROPINA DE R$ 1,5 MILHÃO NA CAMPANHA DE 2014

– O ex-governador do Rio Sérgio Cabral Filho (MDB) afirmou nesta sexta, 5, em depoimento ao juiz Marcelo Bretas, que repassou R$ 1,5 milhão em propina para o deputado Aécio Neves para sua campanha presidencial de 2014.

“Eu tenho uma relação muito afetiva com o senador Aécio Neves, que naquela época disputava a Presidência da República e passava por fase de muita dificuldade com Marina (Silva) em segundo lugar nas pesquisas. Ele estava muito deprimido, muito pra baixo”, disse Cabral, explicando por que resolveu ajuda-lo com o envio do dinheiro. “O Aécio não participou da reunião (em que o pagamento foi acertado), mas ele me ligou depois para agradecer.”

Cabral disse também que o prefeito do Rio, Marcelo Crivella (PRB), recebeu US$ 1,5 milhão para apoiar a candidatura de Eduardo Paes (DEM) na eleição municipal de 2008. “O senhor me desculpe, mas eu comprei o apoio do Crivella”, contou Cabral a Bretas sobre seu diálogo com o então presidente, no Palácio do Planalto.

Ele também afirmou que a Fetranspor, entidade que representa empresas de transporte urbano, pagou propina à Assembleia Legislativa do Rio desde 1987, no governo Moreira Franco (MDB).

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 5 =