Com gol de Alê, o América venceu o Internacional por 1 a 0 nesta quarta-feira (2/11), colou no G8 e garantiu o título do Campeonato Brasileiro para o Palmeiras. A partida no Independência, em Belo Horizonte, foi válida pela 35ª rodada da competição.o

O Celho foi melhor no primeiro tempo e contou com Matheus Cavichioli, que defendeu o pênalti cobrado por Alan Patrick. Na segunda etapa, o jogo ficou mais frio até Alê balançar a rede de cabeça aos 30′, após escanteio cobrado por Benítez

Com o triunfo, o time mineiro saiu da 11ª posição para a nona, com 49 pontos – dois a menos que o São Paulo, último time do G8 – e segue com chances de se classificar para a Copa Libertadores de 2023.

De quebra, o time comandado por Vagner Mancini ainda encerrou a sequência invicta de 14 jogos dos gaúchos e voltou a triunfar em casa após três jogos.
O Colorado, por sua vez, permanece na vice-liderança, com 64 pontos, mas não pode mais ultrapassar o Palmeiras, que tem 74 pontos a três rodadas do fim.
Na próxima rodada do Brasileiro, o América enfrentará o Red Bull Bragantino no sábado (5/11), às 19h, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. Já o Inter receberá o Athletico-PR no mesmo dia, mas às 21h, no Beira-Rio, em Porto Alegre.
O jogo
Mancini promoveu alterações no time titular do Coelho. Recuperados, Marlon, Benítez iniciaram o confronto. Além deles, Henrique Almeida foi o centroavante escolhido pelo técnico, que pretendia um time ‘mais leve’.
O América teve mais posse de bola e criou mais oportunidades nos primeiros 10 minutos. Prova disso foram as três finalizações de Henrique Almeida de dentro da área. Em uma delas, o zagueiro Vitão tirou a bola em cima da linha após a defesa do goleiro Keiller.
Aos 18′, após cruzamento na grande área do Coelho, Rodrigo Moledo foi chutado por Alê, e o árbitro Bruno Arleu de Araújo assinalou pênalti para o Colorado. Alan Patrick cobrou no canto direito, e Cavichioli defendeu. No rebote, o meia do Inter parou novamente no goleiro americano.
O time gaúcho se mostrou muito vertical e por isso teve menos posse de bola no primeiro tempo: 37% contra 63% dos mandantes. As ações ofensivas da equipe se concentravam no lado esquerdo.
E foi neste setor que Alan Patrick voltou a levar perigo. O meia colorado passou com muita categoria por dois defensores, finalizou cruzado e a bola passou raspando a trave do Coelho após desvio em Conti. Ainda assim, o América criou mais e foi superior ao time Colorado no primeiro tempo.
Segundo tempo
Logo na volta, Benítez arriscou de longe e Keiller fez boa defesa. Poucos minutos depois, foi a vez de Wanderson levar perigo, em finalização que passou perto do gol.
A grande chance do Inter no jogo ocorreu aos 20′. Alemão recebeu livre na área, finalizou de esquerda, mas a bola bateu na trave. O lance, no entanto, foi anulado pelo bandeirinha devido a impedimento do atacante colorado.
Com um segundo tempo pouco movimentado, o América abriu o placar em bola parada. Aos 30′, Benítez cobrou escanteio no meio da grande área, e Alê cabeceou firme para colocar o time alviverde na frente: 1 a 0.
O Inter até pressionou nos minutos finais, mas não conseguiu furar a defesa alviverde. No último minuto, Lucas Ramos quase empatou a partida com chute que passou por cima do gol. Resultado final com festa do Coelho, que se mantém vivo na briga por Libertadores.

AMÉRICA 1 X 0 INTERNACIONAL

América
Matheus Cavichioli; Raúl Cáceres (Arthur, aos 39′ do 2ºT), Germán Conti, Éder (Ricardo Silva, aos 17′ do 2ºT) e Marlon; Alê, Juninho e Benítez (Lucas Kal, aos 39′ do 2º); Everaldo (Aloísio, aos 26′ do 2ºT), Felipe Azevedo e Henrique Almeida (Wellington Paulista, aos 17′ do 2ºT)
Técnico: Vagner Mancini
Internacional
Keiller; Fabrício Bustos, Rodrigo Moledo, Vitão e Renê; Johnny, Edenilson (Maurício, no intervalo), Carlos de Pena (Lucas Ramos, aos 44′ do 2ºT), Alan Patrick e Wanderson (Pedro Henrique, aos 24′ do 2ºT); Alemão (Romero, aos 24′ do 2ºT)
Técnico: Mano Menezes
Gol: Alê, aos 30′ do 2º tempo
Cartões amarelos: –
Motivo: 35ª rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio: Independência, em Belo Horizonte-MG
Data e horário: quarta-feira, 2 de novembro, às 16h
Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (FIFA/RJ)
Assistentes: Thiago Henrique Farinha (RJ) e Brigida Cirilo Ferreira (FIFA/AL)
VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (FIFA/RN)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + 7 =