Depois que o Conselho de Ética do Comitê Olímpico Brasileiro (Cecob) ampliou a suspensão do extremista, armamentista e apoiador de Bolsonaro, o jogador de vôlei do Cruzeiro, Wallace, se diz arrependido.

O jogador Wallace afirmou que está arrependido do post sobre tiro no presidente Lula após ser suspenso do vôlei por cinco anos pelo Cecob (Conselho de ética do Comitê Olímpico do Brasil).

“Obviamente eu me arrependo. Ter noção o que é passar todo esse tempo fora das quadras, mas me arrependo por ter repostado, eu poderia ter evitado”, disse o bolsonarista em entrevista ao Esporte Espetacular.

O Conselho de Ética do Comitê Olímpico Brasileiro (Cecob)  ampliou de 90 dias para 5 anos a suspensão do jogador de vôlei Wallace, do Sada Cruzeiro, além de suspender a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) por seis meses do Sistema COB e determinar que o Comitê cancele qualquer repasse financeiro e auxílio material à entidade.

Na decisão, assinada nesta terça-feira (2) pelo conselheiro relator Ney Bello Filho e aprovada por unanimidade, o Cecob também suspendeu por 1 ano o presidente da CBV, Radamés Lattari Filho. Segundo  o Cecob, Wallace, o Sada Cruzeiro e a CBV descumpriram decisão anterior ao permitir que o atleta atuasse neste domingo (30), na final da Superliga.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − dois =