Sem citar o nome do presidente Jair Bolsonaro, Dom José Alberto Moura criticou o governo pelo aumento da fome que atinge mais de 33 milhões de brasileiros – Foto: Girleno Alencar

O arcebispo emérito de Montes Claros, dom José Alberto Moura, pediu aos católicos para fazerem a escolha correta para aliviar a situação do povo, pois são 33 milhões de brasileiros passando fome e muitos outros vivendo a míngua. A sua mensagem foi durante a homilia na missa de encerramento do Dia de Nossa Senhora Aparecida, na Catedral Metropolitana, com o templo lotado. Muitos fiéis tiveram que ficar de fora. Os católicos iniciaram às 17 horas uma procissão, saindo da Igreja de São José, no bairro homônimo, com a imagem de Nossa Senhora e encerraram o evento na Catedral Metropolitana.

Durante todo dia foram realizados vários eventos, em Montes Claros, como uma carreata que saiu da Igreja de São Judas com a imagem de Nossa Senhora. Todo ano a carreata sai de uma Paróquia em direção a catedral. Na carreata de meio dia, foi prestada uma homenagem ao monsenhor Antônio Alencar Monteiro, que completou 60 anos de sacerdócio e 90 anos de idade, ele que é capelão da Polícia Militar. A cada duas horas, era celebrada uma missa na Catedral, mas o forte sol que dominou Montes Claros levou muita gente a procurar a missa da noite.

Na sua homilia, o arcebispo frisou o papel da rainha Ester, que se apresentou ao rei para pedir a proteção da vida dos católicos, muitos perseguidos na época no oriente médio. Ela impressionou o rei pela sua beleza. O arcebispo destacou que é importante saber fazer as escolhas, para ajudar o povo, sem violência e briga ideológica, onde a igreja é missionária para ajudar o povo nesse momento de muita gente passando fome e privações.

ECN com jornal Gazeta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + sete =