– Galo perdeu por 1 a 0 para o time paraguaio no Gigante da Pampulha
O Atlético estreou com derrota na fase de grupos da Copa Libertadores. O Alvinegro perdeu para o Cerro Porteño, do Paraguai, por 1 a 0, na noite desta quarta-feira, no Mineirão. O gol da vitória dos paraguaios foi marcado por Diego Churín, em condição de impedimento, após indecisão entre o zagueiro Réver e o goleiro Victor.
O time alvinegro não conseguiu ter intensidade, como já aconteceu em jogos anteriores na temporada. A equipe atleticana teve dois gols anulados. Fora isso, foram poucas chances criadas. Já o Cerro, que praticamente não teve oportunidades, abriu o placar em um lance de sorte, já que a bola bateu no atacante da equipe paraguaia antes de ir para o gol.
O Atlético volta a campo pela Libertadores na próxima semana. Na terça-feira, às 21h30, o Galo visita o Nacional, no Uruguai. Antes, o Alvinegro encara o Patrocinense, sábado, às 16h30, no estádio Pedro Alves do Nascimento, em Patrocínio, pela 9ª rodada do Campeonato Mineiro.
Retorno ao Mineirão teve gosto de decepção
O Atlético não soube criar as oportunidades, e é aquela velha história, jogo de Libertadores é sempre complicado, e não se pode vacilar
Inversão de papéis
Torcida vaia time após derrota; Cazares diz que Galo foi bem
Camisa 10 do Atlético disse que os jogadores poderiam ter feito ‘algo a mais’ para time não ter sido derrotado pelo Cerro Porteño
Na bronca
Levir defende esquema, vê Galo muito melhor e reclama de gol impedido
Treinador disse que Churin estava em posição irregular e lamentou incompetência na finalização
Algoz
Autor do gol do Cerro, Churin esteve na mira do Galo, que achou caro
Algoz do Atlético, o atacante Diego Churin, começou o jogo na reserva e entrou no decorrer da partida, com tempo para deixar a sua marca. Curiosamente, o centroavante esteve na mira do Atlético no começo da temporada. O Galo chegou a abrir negociação com o Cerro Porteño para buscar Churin. O Atlético, porém, considerou o atacante caro. A pedida de R$ 10 milhões do Cerro Porteño não agradou a direção atleticana, que desistiu da negociação.

Maior receita
Com dinheiro do Mineirão, Sette Câmara quer quitar dívidas antigas do Galo
Como no Gigante da Pampulha cabe o triplo de torcedores que no Independência, o mandatário atleticano espera aumentar as receitas e o lucro dos jogos em casa
Análise
Comentarista de arbitragem diz que juiz acertou em anular gol do Galo
Leonardo Gaciba afirmou que falta cobrada tinha de ser em dois toques, o que não aconteceu
No Twitter
Torcida do Galo reclama da sigla ‘AMN’ usada na transmissão do jogo
Transmissão gerada pela Conmebol usou as iniciais de Atlético Mineiro, ao invés do tradicional CAM

Bom exemplo
Cerro deixa vestiário do Mineirão limpo e agradece hospitalidade do Galo
Em diferentes cantos do continente, equipes têm tomado a iniciativa de deixar o local que usaram em perfeito estado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 2 =