As 10 obras de arte mais caras do mundo.
– Para quem gosta de arte e aprecia o contato com culturas e épocas diferentes através de pinturas, esculturas e tudo o mais, vai se surpreender com a lista e compreender o preço de cada obra, mas para quem não conhece a importância desse acervo cultural para a humanidade, vai simplesmente cair para trás com o valor financeiro de cada peça.

1 – Teto da Capela Sistina (780 milhões de dólares)

obras de arte

O teto da Capela Sistina é composto por um afresco de tamanho e técnica monumentais de Michelângelo, pintado entre os anos de 1508 e 1512 na Capela Sistina, Vaticano. Michelângelo dedicou-se à tarefa e a fez com tanta maestria que tornou os afrescos um dos maiores tesouros artísticos da humanidade. Ao analisar o patrimônio do Vaticano, não foi considerado o valor real da Capela Sistina em virtude dos afrescos de Michelângelo, considerados impossíveis de se avaliar pelo mercado imobiliário. Porém, especulares afirmam que a obra está avaliada em mais de 780 milhões de dólares!

2 – Mona Lisa de Leonardo da Vinci (642 milhões de dólares)

obras de arte

Mona Lisa ou La Gioconda, teve sua pintura iniciada em 1503, e é nessa obra que o artista melhor concebeu a técnica do sfumato. O quadro representa uma mulher com uma expressão introspectiva e um pouco tímida. O seu sorriso é muito sedutor, mesmo que um pouco conservador. O seu corpo representa o padrão de beleza da mulher na época de Leonardo. Esse quadro é provavelmente o retrato mais famoso na história da arte, senão o quadro mais famoso e valioso existente no mundo. Poucos são os outros quadros tão controversos, questionados, valiosos, elogiados, comemorados ou reproduzidos. Muitos historiadores da arte desconfiavam de que a reverência de Da Vinci para com a Mona Lisa nada tinha a ver com a sua maestria artística. Segundo muitos afirmavam, devia-se a algo bem mais profundo: uma mensagem oculta nas camadas de pintura. Se observarem com calma verão que a linha do horizonte que Da Vinci pintou à esquerda se encontra visivelmente mais baixa do que à direita. Ele fez a Mona Lisa parecer bem maior vista da esquerda que da direita. Historicamente, os conceitos de masculino e feminino estão ligados aos lados – o esquerdo é feminino, o direito masculino. A pintura a óleo sobre madeira de álamo encontra-se exposta no Museu do Louvre, em Paris, com o nome oficial de Lisa Gherardini, mulher de Francesco del Giocondo e é a sua maior atração. Em 1960 foi avaliada em mais de 100 milhões de dólares, mas depois de todas as especulações sobre a obra, em 2007 ela foi avaliada em mais de 640 milhões de dólares.

3 – A última ceia de Leonardo da Vinci (510 milhões de dólares)

obras de arte

A Última Ceia também é um afresco de Leonardo da Vinci para o convento mandado construir pelo seu protetor, o duque Lodovico Sforza. É uma pintura sobre parede, realizada entre 1494 e 1497, no refeitório do Convento de Santa Maria Delle Grazie, em Milão, Itália. A obra mede 4,60 por 8,80 metros. É uma das mais famosas do mundo e das mais conhecidas do artista, assim como das mais estudadas e copiadas de todos os tempos. O afresco representa o momento bíblico em que Jesus compartilha sua última refeição com os apóstolos. O tema era uma tradição para refeitórios, mas a interpretação de Leonardo deu um maior realismo e profundidade à cena. O instante captado pela pintura é aquele em que Cristo acabara de afirmar que “um de vós me há de trair” e os discípulos perguntando: “Serei eu, Senhor?”
A obra está avaliada em aproximadamente 510 milhões de dólares.

4- A escola de Atenas de Rafael Sanzio (480 milhões de dólares)

obras de arte

A Escola de Atenas, de Rafael Sanzio, é uma das mais famosas pinturas do renascentista italiano e representa a Academia de Platão. Foi pintada entre 1509 e 1510 na Stanza della Segnatura sob encomenda do Vaticano. A obra é um afresco em que aparecem ao centro Platão e Aristóteles. Platão segura o Timeu e aponta para o alto, sendo assim identificado com o ideal, o mundo das ideias. Aristóteles segura a Ética e tem a mão na horizontal, representando o terrestre, o mundo sensível. A imagem tem sido muitas vezes vista como uma perfeita encarnação do espírito da Alta Renascença. Em A Escola de Atenas, Rafael pintou os maiores estudiosos antigos como se fossem amigos que discutiam e desenvolviam a forma de pensar e de refletir a filosofia em si.
É avaliada pelos críticos de arte em 480 milhões de dólares.

5- A Liberdade Guiando o Povo de Eugene Delacroix (442 milhões de dólares)

obras de arte

A Liberdade Guiando o Povo.
Pintura de Eugène Delacroix comemorativa da Revolução de julho 1830 com a queda de Carlos X. Uma mulher representando a Liberdade guia o povo por cima dos corpos dos derrotados, levando a bandeira tricolor da Revolução Francesa em uma mão e brandindo um mosquete com baioneta na outra.
Delacroix retratou a Liberdade, tanto como figura alegórica de uma deusa, como uma mulher robusta do povo. O monte de cadávares atua como uma espécie de pedestal de onde a Liberdade passa, descalça e com os seios nus. O barrete que ela usa sinbolizou a liberdade durante a primeira Revolução Francesa, de 1789-1794. A pintura tem sido vista como um marco para o fim da Era do Iluminismo, assim como muitos estudiosos veem o fim da Revolução Francesa como o início da Era Romântica. A obra é avaliada em 442 milhões de dólares.

6- A moça com brinco de pérola (390 milhões de dólares)

obras de arte

A moça com brinco de pérola.
É a obra mais conhecida de Vermeer e foi restaurada em 1994. Possui beleza atemporal. Observe a posição da cabeça, a sua pureza, a frescura, radiância, sensualidade. São características evidentes da digital autêntica de Vermeer. Na verdade, a obra nos dá a impressão de que Vermeer afirma em forma de imagem que a moça é uma pérola.Ela brilha em contraste com o fundo negro. Provoca o olhar do espectador, é despojada, sem proteção das emoções humanas, possui intensidade erótica, é tão humana e simples.
Avaliação: 390 milhões de dólares.

7- Noite estrelada de Vincent Van Gogh (345 milhões de dólares)

obras de arte

A Noite Estrelada
é uma das obras mais conhecidas do artista holandês pós-impressionista Vincent Van Gogh. Foi criada aos 37 anos, durante seu internamento em um asilo em Saint-Rémy-en-Provence, França (1889-90). A obra encontra-se atualmente na coleção permanente do Museu de Arte Moderna de Nova York – MoMA. Ao contrário de muitas outras de suas obras, A Noite Estrelada foi pintada de memória e não a partir da vista correspondente de uma paisagem, como de costume. Acredita-se ser esse o motivo de impactar o espectador. Durante a sua estadia no asilo, Van Gogh dedicou-se a pintar sobre as paisagens da região de Provence. É nesse período que o artista rompe com o que se poderia chamar de fase impressionista, desenvolvendo um estilo muito particular, no qual prevalecem fortes cores primárias, tais como o amarelo, para as quais Van Gogh atribuía significados próprios. É sua obra de maior valor e está estimada em 345 milhões de dólares.

8- Ronda Nourna de Rembrandt (305 milhões de dólares)

obras de arte

Ronda Noturna ou A Ronda da Noite,
Rembrant, é uma das mais famosas obras mestras do pintor holandês, pintada entre 1939-42. Está exposta permanentemente no Rijskmuseum de Amsterdam, pinacoteca especializada na pintura neerlandesa. A Ronda Noturna, óleo sobre tela, mede 3,80 por 4,54 metros e mostra a Guarda Cívica de Amsterdam sob comando do capitão Frans Banning Cocq. Está avaliada em 305 milhões de dólares.

9- Impressão, nascer do sol de Claude Monet (265milhões de dólares)

obras de arte

Impressão, nascer do sol
É a mais célebre e importante obra do impressionista francês Claude Monet. Óleo sobre tela datado de 1872, mas provavelmente realizado no ano seguinte. Representa o nascer da manhã no porto de Havre, com uma cerrada névoa sobre o estaleiro, os barcos e as chaminés no fundo da composição. Está exposta no Museu Marmottan, Paris.
No quadro, antes de tudo, consegue-se imaginar fielmente uma grelha por detrás da pintura, que Monet terá utilizado e sobre a qual, solidamente, são sobrepostas pinceladas de tinta sem grandes misturas, ou seja, as tintas originais. A sobreposição de cores originais, puras, sem misturas, é uma grande característica da técnica impressionista, continuada a partir do momento em que os espectadores e os artistas se deram conta de que conseguiam obter resultados mais próximos da realidade. A partir dessa tela nasceu o movimento impressionista.
Está avaliada em 265 milhões de dólares.

10- Um Bar em Folies-Bergère (215 milhões de dólares)

obras de arte

Um Bar em Folies-Bergère
É um óleo sobre tela pintado por Édouard Manet e exibido no Salão de Paris em 1882. Foi sua última grande obra. O bar retrata uma cena do café-concerto Folies-Bergère, Paris. A cena, ao contrário do que aparenta, não foi pintada no local, mas inteiramente criada em seu ateliê.
A jovem que serviu de modelo, Suzan, era realmente empregada do célebre café-concerto. Os numerosos elementos presentes sobre o balcão do bar, garrafas de bebidas, flores, frutas, formam uma evolução piramidal, encontrando o cume, não por acaso, nas flores que ornam o colo da servente. Mas o aspecto que mais retém a atenção dos críticos é o reflexo de Suzan no espelho. Suas costas não parecem revelar uma imagem exata da cena, tanto no que concerne à sua postura, tanto como a presença de um homem em sua frente, tão próximo que deveria ter tapado a visão do observador. É difícil concluir se esta anomalia é fruto da vontade do artista ou um simples erro de apreciação. Huysmans, escritor e crítico de arte francês, descreveu com deleite a maneira como o quadro “surpreende os que o observam, que trocam observações desorientadas sobre a visão dessa tela”.
Está avaliada em 215 milhões de dólares.

Fonte: Tudo e Etc

Revolução Industrial

Top of mind
• Cliente oculto
• Ranking de marca
• Traching de marcas
• Pré-teste de produto
• Tendências de mercado
• Avaliação dos negócios
• Avaliação de merchandising
• Avaliação de marketing
• Ações dos concorentes
• Satisfação dos consumidores
• Cadastro de público alvo
• Identificar mercados potenciais
• Perfil do consumidor
•Georeferenciamento mercadológico
• mídia
• Mensurar mídias
• Perfil de internautas
• Mix de comunicação
• Pré-teste de propaganda
• Perfil dos usuários da mídia
• Ranking de rádio, TV e jornal
• Avaliação de propaganda

———————————————-

APUP

Professor Natal Padoani
Telefones
(38) 3222-3267
(14) 3882-0918
WA
(38) 98405-4332
(38) 99739-4796
E-mails
natal.padoani@apup.com.br
apup@apup.com.br
www.apup.com.br
Endereços
Montes Claros(MG):
R. Dr. Santos, 362/
sl. 1101 – Centro.
CEP 39400-001
Botucatu(SP):
R. Dr. Cardoso de Almeida, 2293 – Centro.
CEP 18602-130

• Mercado Municipal Central
Endereço
Av. Dep Esteves Rodrigues, 1460 – Centro

O PONTO DO QUEIJO
• Produtos Regionais

Além dos queijos de Rio da Serra (Marcela) e de Nova Esperança, do requeijão e da manteiga de garrafa de Porteirinha, da inigualável marmelada de São João do Paraíso e tijolos de laranja, buriti e outros de Mato Verde, temos
mel de Europa, melado de cana, variados doces artesanais a granel (produção própria), cachaça de Taiobeiras e muito mais. Atrás do balcão, a simpatia do seu assessor Paulo Roberto.
Telefones
(38) 3081-0083
WA: (38)
99806-4677
Horário
Segunda a Sábado
08h00 às 18h00
Domingo
08h00 às 12h00

NORTE TEMPERO


O melhor para você.
Temperos diversos, corantes, lascas de pequi em conserva, rapaduras, variadas marcas de cachaça da região, utensílios de cozinha artesanais: peneiras, pilões, colheres de pau etc. etc. etc… Bruno e Do Carmo no correto atendimento.
Telefones
(38)
99112-9290
99727-9409
Horário
Segunda a Sábado
08h00 às 18h00
Domingo
08h00 às 12h00

Carrancas Mercado

• Vencedor do concurso Comida di Buteco, edição 2019, em Montes Claros. É preciso dizer mais?
Telefone
WA: (038)
98839-1463
Horário:
Segunda a Sábado 08h00 às 18h00
Domingo
08h00 às 12h00

Carrancostela

Petisco que levou o Carrancas ao 1° lugar do concurso Comida di Buteco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − doze =