Athos Avelino recebe a maior comenda de Montes Claros

Câmara concede a Medalha Ivan José Lopes de Honra a Montes Claros ao ex-prefeito Athos Avelino A Câmara de Vereadores entregou nesta quarta-feira (3/7), a Medalha Ivan José Lopes de Honra a Montes Claros, ao médico e ex-prefeito Athos Avelino Pereira. A honraria é a maior comenda do legislativo, que anualmente homenageia lideranças do país que tenham prestado serviços em prol do município, no dia em que se comemora o aniversário da cidade que este ano completa 167 anos— Athos Avelino será o 52º a ser homenageado com esta honraria. Nascido em Montes Claros, o médico Athos Avelino tem experiência em administração pública, tendo sido prefeito de Montes Claros, no período de 2005 a 2008. Foi também deputado federal, por Minas Gerais, em 2003 e 2004 e diretor do Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (INDI) em 2009/2010. O homenageado pontuou que a sua jornada não foi feita sozinho. Foi com a ajuda e contribuição da sua esposa, Vera Lúcia Pereira Nunes, que cursou medicina com ele e dali iniciaram uma vida juntos com mais de 50 anos de casado. “É com muita honra que recebo a comenda máxima da minha terra, nossa querida Montes Claros. Compartilho essa medalha com minha família, e ainda, com todos os meus companheiros de trabalho, do Centro Regional de Saúde, dos hospitais Santa Casa e o Clemente de Faria, da Câmara Federal e especificamente da Prefeitura de Montes Claros”, enfatizou o homenageado. A escolha do homenageado é feita pela Mesa Diretora da Câmara de Montes Claros e aprovada pelos demais vereadores. A escolha do homenageado é baseada na contribuição social, política, econômica e cultural do indicado. O vereador Valdecy Contador (PP) discursou em nome dos demais parlamentares, que destacou a potência econômica que Montes Claros vem se tornando ao longo dos anos. “Terra de gente forte, resistente e de uma cultura inigualável. É aqui onde os caboclinhos e catopês fazem festa e encantam mundo afora”, pontuou. O irmão do homenageado, Wagner Pereira Braga, contou um pouco sobre a infância e como Athos era dedicado aos estudos. “Ele é nosso irmão mais velho e desde pequeno era o orgulho dos nossos pais. Começou sua trajetória em um pequeno posto de saúde no bairro Maracanã até ser prefeito da nossa cidade”, afirmou Wagner. O prefeito de Montes Claros, Humberto Souto, também discursou em homenagem a Athos Avelino. “Precisamos de mais homens como Athos Avelino: íntegro e que dedica a vida em prol do próximo. Ele deixou na prefeitura mais amigos do que em outro lugar, isso é a prova do compromisso que ele tem com a política honesta, pensando sempre no bem-estar da população e dos servidores”, frisou o prefeito. A homenagem lotou o plenário da Câmara Municipal de Montes Claros e contou com a presença de lideranças políticas e da sociedade civil, Polícia Militar e população. O deputado estadual Gil Pereira (PSD) lembrou da época do mandato de Athos como prefeito, no qual ele buscava recursos para o município, especialmente para a saúde. Já o deputado federal Marcelo Freitas (União), reconheceu o valor do homenageado como homem público, destacando as ações para melhorar a vida do cidadão. (Ascom/CMMC)

Meia maratona de Montes Claros evidenciou legado de Paulinho Ribeiro

A Prefeitura de Montes Claros, por intermédio da Secretaria Municipal de Esportes, realizou a Meia Maratona José Nardel, que neste ano teve conotação internacional. A propósito, sagrou-se vencedor um queniano. Veja aqui o resultado A prova realçou no seu percurso os parques municipais da cidade, criados, em sua maioria, na gestão passada do prefeito Humberto Souto. Esses espaços de lazer e de preservação ambiental foram idealizados e concluídos pelo ex-secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Paulo Ribeiro, já falecido. Além da criação de parques, Paulinho, como era carinhosamente conhecido, revitalizou todos os outros existentes na cidade, como o Mílton Prates, onde até uma pista de caminhada foi construída. Outros ele deixou encaminhados e quase concluídos, caso do Parque da Paz. Infelizmente, por incompetência daquele que lhe sucedeu, seu legado começou a ser desfeito. As obras de artes a céu aberto, por exemplo, fincada em cada canto da cidade – ideia de Paulinho -,também não mereceram os devidos cuidados. Ainda bem que, no caso do Parque Sagarana, essa omissão foi corrigida a tempo, para o bem da cidade e de seus frequentadores, que poderão desfrutar do ar puro e ambiente saudável para crianças, jovens, adultos e idosos. O nome é em homenagem a um livro do escritor Guimarães Rosa. O local se consolidou como cartão-postal de Montes Claros, por ser um verdadeiro bosque no perímetro urbano da cidade, atraindo famílias para caminhadas, momentos de lazer e entretenimento. Com 35 mil metros quadrados e localização estratégica, o Sagarana é dotado de uma ecopista com 1.300 metros de extensão, sendo ornamentado por obras de vários artistas plásticos, entre eles Gu Ferreira, Roberto Marques e Felicidade Patrocínio. A corrida foi realizada em 30 de junho, um dia após a data em que Paulo Ribeiro completaria 64 anos (29). Foi como um presente àquele que se dedicou tanto a fazer de Montes Claros a cidade dos parques. Um viva ao Meio Ambiente, um viva ao esporte e um viva a Paulinho.

Esquadrilha da Fumaça realiza espetáculo no aniversário de Montes Claros

A apresentação em Montes Claros foi um espetáculo de precisão e técnica, além de representar uma oportunidade única para a população celebrar o aniversário da cidade com um evento memorável. Montes Claros comemorou seus 167 anos nesta quarta-feira, 03 de julho de 2024, com um espetáculo emocionante da Esquadrilha da Fumaça. A Sociedade Rural presenteou os moradores com uma apresentação no Parque de Exposições João Alencar de Athayde, que ficou lotado desde o início da tarde. Pela primeira vez na história, uma cidade do Norte de Minas assistiu à exibição da aeronave A-29 Super Tucano, substituindo o antigo T-27, utilizado pela última vez em Montes Claros em 2003. O capitão Neves, da Força Aérea Brasileira (FAB), em entrevista à equipe do WebTempo, expressou sua emoção em participar das homenagens ao aniversário da cidade, aos 80 anos da Sociedade Rural e à 50ª Expomontes. “É com muito prazer que a Esquadrilha da Fumaça aceitou este convite. Já se passaram mais de duas décadas desde nossa última apresentação aqui. Os espectadores puderam admirar sete aeronaves realizando 50 manobras em um voo seguro de 40 minutos”. O Brigadeiro da FAB Maurício Medeiros relembrou seu sonho de infância ao assistir a uma apresentação da Esquadrilha em Montes Claros, imaginando um dia pilotar uma das aeronaves. “É uma grande alegria estar aqui no aniversário da cidade, sendo montes-clarense, e ter a oportunidade de trazer a Esquadrilha da Fumaça para celebrar. Entrei na FAB há 44 anos e foi vendo uma apresentação como esta que sonhei em ser piloto da Força Aérea”. O relações públicas da Esquadrilha, Silva, explicou que a fumaça liberada durante o espetáculo é produzida por um óleo vegetal não poluente, que reage ao calor nos bicos de escape das aeronaves. O estudante Gabriel Rodrigues, que assistiu à apresentação com a família, ficou encantado com as acrobacias dos pilotos. “Foi a primeira vez que vim à Expomontes e foi realmente impressionante. A coragem dos pilotos é surpreendente; estou ansioso pela próxima oportunidade”. Sobre a Esquadrilha da Fumaça A Esquadrilha da Fumaça, conhecida oficialmente como Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA), tem a missão de difundir a imagem institucional da Força Aérea Brasileira (FAB) por meio de suas acrobacias aéreas. Sediada na Academia da Força Aérea (AFA) em Pirassununga, São Paulo. A aeronave usada na apresentação foi O A-29 Super Tucano, fabricado pela Embraer, é uma aeronave monomotor turboélice com capacidade para um ou dois tripulantes, alcançando uma velocidade máxima de 590 km/h e uma autonomia de voo de até 3 horas e 20 minutos. Desde 2015, a Esquadrilha utiliza essa aeronave, destacando-se pela sua modernidade e pela pintura vibrante nas cores da bandeira do Brasil. Fotos e texto: Maurício Lucco – Revista Tempo

Geração de empregos em Montes Claros tem seu melhor momento

Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) relativos ao mês de maio de 2024 foram muito positivos no que se refere à criação de vagas de emprego em Montes Claros. Segundo o estudo do Ministério do Trabalho e Emprego, que utiliza informações enviadas pelos próprios empresários, as empresas instaladas em Montes Claros criaram, em maio, 806 novos novos postos de trabalho. Desta forma, Montes Claros ficou na quarta posição entre os 853 municípios mineiros na geração de empregos, sendo superada apenas por Belo Horizonte (saldo de 2.138 vagas), Contagem (1.422) e Juiz de Fora (995). Para se ter uma ideia, foi o maior saldo identificado em Montes Claros desde o mês de maio de 2022 quando foram criados 1.023 novos postos de trabalho. Os números completos são os seguintes: foram 4.647 trabalhadores admitidos e 3.841 demitidos, com um estoque, que é a quantidade de trabalhadores empregados nos setores público e privado, de 94.942. Foram responsáveis pelo número recorde, principalmente, o setor de Serviços (com saldo de 519 vagas) e Comércio (125). Já no acumulado do ano, são 22.757 trabalhadores contratados, 21.275 demitidos e saldo de 1.482, o que dá uma média de 247 novas vagas por mês.

NO TOPO – Montes Claros figura entre as 5 cidades que mais crescem em Minas

Importante site do ramo imobiliário, o “Quinto Andar” apontou Montes Claros entre as cinco cidades que mais crescem em Minas Gerais (https://www.quintoandar.com.br/guias/cidades-que-mais-crescem-em-minas-gerais/). O levantamento levou em conta dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nos índices de expansão populacional e econômica. A maior cidade do norte de Minas ficou na quinta posição. O primeiro lugar ficou com a capital, Belo Horizonte. O estudo revelou que Montes Claros possui uma “localização estratégica próxima a importantes rodovias e aeroportos regionais, facilitando o acesso e a mobilidade. Além disso, a cidade possui uma rica oferta cultural e educacional, com universidades renomadas e diversas opções de lazer, como parques e centros culturais”. Atualmente com 414.240 mil habitantes, a cidade foi mencionada por possuir um “um custo de vida atrativo, com imóveis mais acessíveis em comparação a outros lugares de porte semelhante”.

Queniano Júlio Taurus foi o vencedor da Meia Maratona José Nardel

O circuito “ENTRE PARQUES” inspirou os atletas a irem mais longe A Secretaria Municipal de Esportes e Juventude, informa que foram quase 1.000 inscritos na corrida e 400 inscritos na caminhada. 21 km Elite: 20 atletas 21 km Amador: 249 atletas 7 km Geral: 727 atletas (GERAL, ADOLESCENTE E PCD) Elaboramos um circuito ENTRE PARQUES que inspirou nossos atletas a irem mais longe, como no Mangues, e encantou nossos visitantes pela beleza do verde no Sertão! Conheçam os vencedores! Relatório Geral – 7KM – Masculino Coloc./ Numero/ Nome/ Tempo 1- 1128 DANIEL SANTOS SILVA 00:24:38.190 2- 1209 FELIPE GABRIEL PEREIRA VELOSO 00:26:18.880 3- 1681 VINICIUS ALVES DE BARBOSA SILVA 00:26:44.940 4- 1577 RAFAEL SOUZA SANTOS VIEIRA 00:26:57.020 5- 1127 DANIEL SANTOS DURÃES 00:27:13.460 Relatório Geral – 21KM – Masculino – ELITE 1- 2010 JÚLIUS KIPRONO TAURUS 01:05:30.02 2- 2006 GIOVANI DOS SANTOS 01:05:33.74 3- 2005 GILBERTO SILVESTRE LOPES LOPES 01:07:00.87 4- 2003 EDSON TIBURCIO ALVES 01:07:06.48 5- 2001 ALEQUESSANDRO PAULA DA SILVA 01:07:25.89 Relatório Geral – 21KM – Masculino 1- 1862 KAYO ÁTILA 01:09:38.41 2- 1943 RICARDO PEREIRA SOUZA 01:12:16.81 3- 1882 LUIZ SOARES 01:13:09.050 4- 1849 JOAO FERREIRA DE LIMA 01:13:48.320 5- 1831 IGOR CASSIO DOS PASSOS 01:14:29.390 Relatório Geral – 7KM – Feminino 1- 1448 MAG SANTANA 00:30:43.30 2- 1102 CELEIDA SILVA FERNANDES AZEVEDO 00:32:39.60 3- 1640 SUELI SILVA DE JESUS 00:32:47.57 4- 1381 KATIA ARAUJO 00:32:59.10 5- 1471 MARIA APARECIDA SOARES 00:33:25.48 Relatório Geral – 21KM – Feminino – ELITE 1- 2011 KLEIDIANE BARBOSA JARDIM 01:19:32.95 2- 2017 VIOLA JELAGAT KOSGEI 01:19:34.20 3- 2019 ZENILDA ROCHA 01:31:35.73 4- 2009 JOICE MARLA ASSIS OLIVEIRA 01:48:41.26 Relatório Geral – 21KM – Feminino 1- 1933 RAIMUNDA SILVA SILVA 01:27:19.16 2- 1848 JESSICA AMANDA PEREIRA 01:27:47.41 3- 1900 MARILENE FERREIRA 01:28:45.30 4- 1840 ISABELA MENDES 01:31:16.57 5- 1869 LETÍCIA FERNANDES 01:32:49.11

Ministro da Previdência vem a Montes Claros inaugurar Sala Multissensorial

A presença de Carlos Lupi, nessa sexta- feira, na inauguração é um pedido do deputado federal Délio Pinheiro (PDT). O município é o único de Minas a ser contemplado com o projeto, parceria entre os ministérios da Previdência e Direitos Humanos e Cidadania Localizada numa das regiões de maior incidência de pessoas que recebem o Benefício da Prestação Continuada (BPC) – destinado a pessoas com deficiência -, Montes Claros é um dos 15 municípios contemplados com a instalação de uma Sala Multissensorial para atender pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) no INSS. A unidade de Montes Claros será inaugurada pelo ministro da Previdência Social, Calos Lupi, nessa sexta-feira (28), às 16 horas, e ficará localizada na agência do INSS. A agência receberá ainda kits contendo brinquedos, livros, tapete emborrachado, túnel de lycra, abafador de som para ser colocado no ouvido. O foco é o atendimento humanizado às pessoas com deficiência no INSS. A ideia das salas multissensoriais partiu da constatação de que as crianças ficam mais confortáveis enquanto aguardam atendimento quando é utilizado esse recurso. Elas encontram um ambiente equipado com brinquedos, abafadores de ruídos, iluminação adaptável, almofadas e tapetes sensoriais. A iniciativa faz parte de uma parceria do Ministério da Previdência Social, INSS e Ministério dos Direitos Humanos e Cidadania. O deputado federal Délio Pinheiro (PDT) recepcionará o ministro e manterá agenda com ele na cidade. O parlamentar é um dos entusiastas da política de inclusão e vê nas salas multissensoriais uma ferramenta essencial para auxiliar no processo de desenvolvimento das crianças com esse transtorno. Délio lembra que esses equipamentos possibilitam um ambiente equipado com recursos que estimulam os cinco sentidos – visão, audição, olfato, tato e paladar -, além de dois sentidos “ocultos”, que são a propriocepção (capacidade de sentir onde seu corpo e membros estão posicionados no espaço) e o senso de equilíbrio (percepção de equilíbrio e orientação espacial). Esses locais também permitem organizar, interpretar sensações e responder apropriadamente aos estímulos.

Aumenta o número de infrações contra pessoas idosas em Montes Claros

15 de junho é celebrado o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, e, por isso, todo o mês é dedicado a ações que visam aumentar a proteção dessa faixa etária. Em Montes Claros, as infrações contra idosos, segundo dados da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), revelam um aumento de 15,82% no número de casos registrados entre janeiro e abril de 2024 (615), em comparação com o mesmo período de 2023 (531). Cibele Freire Diniz Oliveira, assistente social no município, reconhece o aumento dos casos de abusos contra idosos em Montes Claros. No entanto, ela atribui esse crescimento à maior conscientização da população em fazer denúncias. “A falta de conhecimento sobre o estatuto do idoso e o que constitui maus-tratos leva as pessoas a não reconhecerem certas ações como abusivas. Após receberem informações, muitas pessoas acabam denunciando”, explica. Cibele enfatiza que o trabalho de prevenção é intensivo, realizado com grupos especializados e algumas unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESF), visando conscientizar os idosos sobre maus-tratos e cuidados que devem ser denunciados. “Isso levou os idosos a entenderem suas situações e a denunciar mais, especialmente violações psicológicas que antes eram consideradas normais”, explica. A assistente social destaca que a maioria dos problemas enfrentados pelos idosos é de ordem familiar, devido à falta de filhos disponíveis para cuidar, já que muitos trabalham fora. Ela ressalta que os familiares muitas vezes não estão cientes da legislação e consideram suas ações normais, o que pode levar a violações dos direitos dos idosos. VIOLÊNCIA EM CASA No Brasil, os casos de agressão contra idosos aumentaram em quase 50 mil ocorrências em 2023, em comparação com o ano anterior, segundo a pesquisa “Denúncias de Violência ao Idoso no Período de 2020 a 2023 na Perspectiva Bioética”, realizada em parceria pelas professoras Alessandra Camacho, da Escola de Enfermagem da Universidade Federal Fluminense (UFF) e do Programa Acadêmico em Ciências do Cuidado da UFF, e Célia Caldas, da Faculdade de Enfermagem da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). A pesquisa também revelou que a maioria dos suspeitos em casos de violência contra idosos são os filhos, com uma tendência crescente ao longo dos anos: 47,78% em 2020, 47,07% em 2021, 50,25% em 2022 e 56,29% em 2023. Além disso, a maioria das denúncias e violações ocorre na residência da vítima e do suspeito, seguida pela casa da própria vítima. Claudina Rosa de Azevedo, de 73 anos, conta que não passou por violências, mas que após a morte da irmã, que morava com ela, ficou sozinha. “Meu sobrinho então achou melhor eu vir para o Lar das Velhinhas”, conta. “Acho ruim e triste que algumas pessoas sejam abandonadas pela família. Estou tranquila, feliz, bem tratada e acolhida aqui. Acredito que, para quem acha que uma pessoa mais velha está incomodando, deveriam trazê-la para morar aqui ou arranjar outro lugar adequado. É melhor que maltratar a pessoa”, diz Azevedo. Cibele ressalta que, para os idosos com família, é importante buscar adaptar a situação, mesmo que isso possa ser dispendioso. “Nunca haverá capacidade para abrigar todos os idosos em instituições, considerando a grande população idosa de Montes Claros, estimada em cerca de 40 mil pessoas. Embora uma nova instituição de longa permanência esteja em construção, isso não resolverá completamente o problema.” Cibele enfatiza que a responsabilidade principal deve recair sobre as famílias, que optam às vezes por colocar os idosos em instituições para se isentarem da responsabilidade. Dulce Cerqueira Chaves Amaro, de 94 anos, mora desde janeiro desse ano no Lar das Velhinhas em Montes Claros, e conta que para ela, essa foi a melhor solução. “Eu não tenho família aqui, apenas amigos. Nem mesmo meu filho adotivo, porque tem que trabalhar. Estou satisfeita, porque é melhor que ficar sozinha tendo que cuidar de tudo, como aluguel e comida. Aqui eles fazem tudo por mim. Estou feliz aqui”, conta Dulce. Para quem não tem condição de ficar com um idoso devido ao trabalho, porque está constituindo família, viajando ou vivendo em outro lugar, Dulce aconselha que melhor que maltratar ou negligenciar é lembrar que “amanhã pode ser você na mesma situação do idoso que você maltrata hoje.” *O Norte, com informações da Agência Brasil

Campanha de vacinação contra a poliomielite foi prorrogada em Montes Claros

A Secretaria Municipal de Saúde de Montes Claros informa que a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite foi prorrogada até o dia 30 de junho. A vacina contra poliomielite deve ser dada às crianças de um a menores de cinco anos, desde que já tenham recebido o esquema primário de três doses com VIP. Aquelas menores de um ano deverão ser vacinadas conforme a situação vacinal atual para o esquema primário (três doses da vacina inativada poliomielite — VIP). As vacinas VIP e VOP são diferentes entre si. Embora as duas imunizem contra a Pólio, a VIP é injetável, com três cepas, poliovírus 1,2 3, feita apenas com partículas do vírus, enquanto a VOP, que é a de gotinhas, é feita com o vírus enfraquecido, com duas cepas, poliovírus 1 e 3. A poliomielite é uma doença grave caracterizada por um quadro de paralisia flácida causada pelo poliovírus selvagem (PVS) tipo 1, 2 ou 3, que em geral acomete os membros inferiores, de forma assimétrica e irreversível. A vacina contra a poliomielite é oferecida a crianças menores de 5 anos. Todas as Unidades Básicas de Saúde estão oferecendo a vacina. São mais de 40 salas de vacina do Município para imunizar o seu filho menor de 5 anos. Faça a sua parte e ajude a proteger as nossas crianças.

Montes Claros promove Oficina da Natureza para as crianças

A Prefeitura de Montes Claros, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SEMMA), está realizando, no Parque Milton Prates, uma “Oficina da Natureza” destinada às crianças, com o objetivo de ensinar de forma lúdica e interativa conceitos fundamentais de preservação ambiental e sustentabilidade. A oficina utiliza materiais produzidos naturalmente, proporcionando uma experiência prática e divertida. As atividades incluem a criação de desenhos e formas que estimulam o sentimento de preservação ambiental. Além de ser uma oportunidade de diversão, a Oficina da Natureza oferece um aprendizado significativo. As crianças são incentivadas a refletir sobre a importância da conservação ambiental, despertando nelas o espírito de preservação para as futuras gerações. Essa conscientização desde cedo é importante para garantir um futuro com mais qualidade de vida para todos. A iniciativa da SEMMA destaca-se pela abordagem educativa e pelo engajamento das crianças em atividades práticas que reforçam a mensagem de sustentabilidade. Pais e responsáveis podem obter mais informações sobre a oficina pelo telefone 2211-3339. Asom/Prefeitura de Montes Claros