O Cruzeiro é o clube que mais venceu a competição, com 6 títulos, e sonha conquistar o hepta, mesmo disputando a série B do Campeonato Brasileiro.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nesta segunda-feira (27) o regulamento e o calendário da Copa do Brasil de 2022. A entidade reservou os dias 23 e 24 de fevereiro para início da competição. A partida de volta da final será em 19 de outubro. O campeão se garante na edição de 2023 da Libertadores.

Os confrontos das duas fases iniciais serão disputados em jogo único. Na primeira, que reunirá 80 clubes, o time pior colocado no ranking da CBF será o anfitrião, enquanto a equipe mais bem posicionada terá a vantagem do empate. Na segunda, os desempates serão nos pênaltis. A partir da terceira fase, os duelos terão partidas de ida e volta, também com decisão por penalidades em caso de igualdade no placar agregado.

Doze clubes serão somados aos 20 que alcançarem a terceira fase: os nove representantes do país na Libertadores deste ano (Atlético-MG, Palmeiras, Flamengo, Fortaleza, Corinthians, Red Bull Bragantino, Fluminense, América-MG e Athletico-PR), os campeões das Copas Verde (Remo) e do Nordeste (Bahia) e o vencedor da última Série B (Botafogo).

O Cruzeiro é o clube que mais venceu a competição, com 6 títulos, seguido pelo Grêmio, com 5, Palmeiras com 4, e por Corinthians e Flamengo, com 3 títulos cada. Outros 10 clubes venceram uma edição da competição, sendo portanto 15 o número de clubes campeões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × três =