Ao que se está desenhando, o araxaense Romeu Zema (Novo) não terá apoio do presidente Jair Bolsonaro (PL) na corrida pela reeleição ao Governo de Minas. Nas redes sociais, o senador Carlos Viana publicou que, em apoio ao presidente Bolsonaro, aceitou ser pré-candidato a governador de Minas Gerais pelo Partido Liberal (PL). Nas últimas eleições foi comum ver eleitores apoiando a dobradinha chamada de “BolsoZema”. Uma corrente forte de apoio a Zema e Bolsonaro que agora ganha a concorrência de Carlos Viana com aval do presidente.

Nesta conjuntura, o deputado Marcelo Álvaro Antônio (PL), que participou das negociações, é apresentado como pré-candidato ao Senado.

De acordo com a Rádio Itatiaia, Carlos Viana optou por sair do MDB por causa de uma aliança nacional que está sendo articulada entre Partido Novo, MDB, PSDB e União Brasil que aponta o governador Romeu Zema (Novo) como candidato do grupo em Minas.

Ainda segundo a reportagem, lançando candidato próprio em Minas, Bolsonaro resolve duas questões: terá uma chapa para abrigar o Marcelo Álvaro Antônio (PL) ao Senado e terá um palanque garantido em Minas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco − três =