Seleção brasileira leva empate da Colômbia com torcida gritando ‘olé’

Vini Jr leva cartão e desfalca o Brasil no próximo sábado, em Las Vegas

O Brasil até saiu na frente do placar com um golaço, mas levou o empate por 1 a 1 da Colômbia, nesta terça-feira (2), no Levi’s Stadium abarrotado por 70.971 torcedores, em Santa Clara, pela 3ª rodada do grupo D da Copa América.
O resultado é ruim para a equipe comandada por Dorival Júnior, que se classifica em 2º lugar e num leve “sufoco”, já que terminou a fase de grupos com 5 pontos, contra 4 da Costa Rica, que encerrou sua participação vencendo o Paraguai por 2 a 1, também nesta terça.
Com isso, a seleção brasileira agora terá que enfrentar o temido Uruguai já nas quartas de final, no próximo sábado (6), no Allegiant Stadium, em Las Vegas.
Isso foi totalmente contra os planos da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), que queria terminar em 1º lugar para evitar de toda forma um retorno a Las Vegas – também por diversas questões de bastidores.
Além disso, a seleção ainda jogará desfalcada de Vinicius Jr., que estava pendurado e tomou cartão amarelo nesta terça.
A Colômbia, por sua vez, comemora bastante o resultado, principalmente porque contou com ampla maioria dos quase 71 mil fãs no Levi’s Stadium.
No meio e no final do 2º tempo, inclusive, as arquibancadas soltaram vários gritos de “olé” enquanto a seleção cafetera tocava a bola no campo de ataque brasileiro.
Com 7 pontos, o time comandado por Nestor Lorenzo agora tem um desafio bem mais tranquilo nas quartas: pega o Panamá, também no sábado (6), às 19h (de Brasília), no State Farm Stadium, em Phoenix.
Jogadores de Brasil e Colômbia brigam durante jogo da Copa América EFE/EPA/JOHN G. MABANGLO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − 10 =