Agência oficial da Arábia Saudita confirmou que presidente brasileiro telefonou nesta sexta-feira (13) para Mohammed bin Salman, apontado como mandante do assassinato do Jamal Khashoggi, em 2018

Por Henrique Rodrigues – Revista Fórum

A Agência oficial de notícias da Arábia Saudita divulgou que o presidente Jair Bolsonaro telefonou nesta sexta-feira (13) para o príncipe herdeiro do reino, Mohammed bin Salman, para tratar das relações bilaterais entre os dois países e apontar caminhos para uma agenda comum de desenvolvimento para as suas nações. O representante do país árabe teria ainda desejado boa saúde ao mandatário brasileiro, que esteve internado há um mês por conta de uma obstrução intestinal.

Mohammed bin Salman, o número dois da monarquia que governa com mão de ferro o país que é maior produtor de petróleo do mundo, é acusado de ser o mandante do assassinato do jornalista Jamal Khashoggi, esquartejado no consulado saudita na Turquia, em 2018.

Investigações realizadas por diferentes autoridades da comunidade internacional revelaram que as ordens para a execução de Khashoggi teriam partido o príncipe herdeiro, que via no jornalista um dissidente após uma série de críticas ao governo saudita, de sua autoria, terem sido publicadas na imprensa dos Estados Unidos.

Jair Bolsonaro vem mantendo uma agenda de contatos internacionais controversa. Há algumas semanas ele recebeu a deputada alemã Beatrix von Storch, líder do partido radical de extrema direita AfD, que mantém notórias ligações com movimentos neonazistas. O encontro foi no Palácio do Planalto, sede do Executivo brasileiro, e despertou sérias críticas por parte de inúmeros setores da sociedade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 4 =