– Investigação só sai do papel com aval do presidente da Assembleia; e este não dá nem sinal –

 Em audiência na Assembleia nesta terça-feira (12/03), deputados manifestaram insatisfação com o presidente da casa, Agostinho Patrus (PV), por ele não ter liberado até agora a CPI da mineração. A investigação parlamentar do setor minerário foi proposta pelo deputado Sargento Rodrigues (PTB) e assinada por 74 deputados logo após a tragédia de Brumadinho. Mas, a CPI só pode sair do papel se tiver o aval do presidente da Assembleia. E este não dá nem sinal de que vá botar o projeto para andar na casa.

Além do Sargento Rodrigues, reclamaram a instalação da CPI os deputados João Leite e Bruno Engler.

Ainda na audiência, o delegado Bruno Tasca, da Polícia Civil, responsável pelo caso de Brumadinho, expôs que 59 pessoas foram ouvidas até o momento, em menos de 40 dias; a Justiça decretou sete mandatos de busca e apreensão.

O encontro na Assembleia teve o objetivo de discutir a tragédia de Brumadinho e teve a participação de instituições que fazem parte das investigações.

Os Novos Inconfidentes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − oito =