A cidade de Montes Claros contará com três novas indústrias de renome, em pouco tempo, conforme Adauto Batista, vice-presidente da Federação das Industrias de Minas Gerais para o Norte de Minas. Ele explica que a entidade articulou a implantação da Hipolabor e Alpargatas e agora está com foco nas indústrias farmacêuticas, como a Sanval, Eurofarma e Aspsen, essa última uma empresa argentina de medicamentos que poderá também instalar uma unidade no nosso Distrito Industrial.

“A condução do processo de negociação vem de longo tempo, pois um empreendimento como esse não cai do céu. É preciso muita articulação e interlocução convincentes, para mostrar aos empresários a viabilidade de negócios em uma cidade como a nossa”, explica o dirigente da Fiemg.

Ele é vice-prefeito de Montes Claros e afirma que, atuando junto com a atual administração municipal e representando a Fiemg, procurou mostrar os diferenciais da região e que podem favorecer um investimento, como por exemplo, os incentivos da Sudene e dos governos estadual e municipal.

“Montes Claros é uma cidade em que a atividade industrial merece destaque, pelo porte e qualidade das indústrias que tem, pelo número de empregos que gera e pelo volume de negócios que movimenta. Por ser uma entidade legítima de representatividade da indústria e dos empresários e, seguindo orientações do seu presidente, Flávio Roscoe Nogueira,a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG) atua para fortalecer esse segmento o que resulta em geração de mais empregos e renda. O saldo desse trabalho é a contribuição que oferecemos à indústria norte-mineira e também à sociedade em que vivemos e da qual somos parte integrante”, afirmou.

O vice-presidente da Fiemg para o Norte de Minas afirma ainda que “entendemos que a decolagem da economia montes-clarense, rumo a um novo ciclo de desenvolvimento, passa pelo esforço de cada um de nós. E temos vários exemplos disso, pois por trás da nossa história existem pessoas cujos nomes são marcas indeléveis na transformação da economia local. Por isso, cresce um movimento entre as entidades, instituições e lideranças locais que visa fortalecer esta região, principalmente no campo político”.

Por isso, a campanha “Quem é do Norte Vota no Norte” quer conscientizar a população da importância de votar em candidatos do Norte de Minas, nas próximas eleições, barrando a ação de paraquedistas históricos que aqui só aparecem em períodos eleitorais, em busca de votos.

Por Girleno Alencar – Via Jornal Gazeta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − 5 =