A França decidirá o título mundial contra a Argentina, no domingo, depois de vencer Marrocos por 2 x 0 com um gol logo no início de Theo Hernandez e outro perto do fim de Randal Kolo Muani pelas semifinais da Copa do Mundo, nesta quarta-feira.

O lateral Hernandez fez 1 x 0 logo aos cinco minutos, mas a vantagem não pareceu ser um incentivo para os atuais campeões do mundo, que ofereceram apenas flashes ocasionais de sua classe depois disso.

O Marrocos, afetado por desfalques, causou problemas aos adversários e forçou o goleiro Hugo Lloris a fazer uma grande defesa em chute de Jawad El Yamiq no final do primeiro tempo. O time africano também criou chances no segundo tempo, mas não conseguiu marcar.

A falta de gols os impediu de ampliar uma campanha surpreendente que incluiu vitórias sobre Bélgica, Espanha e Portugal e fez da seleção marroquina a primeira equipe africana a chegar às semifinais de uma Copa do Mundo.

A França resolveu o jogo aos 34 minutos do segundo tempo, quando uma jogada brilhante de Kylian Mbappé dentro da área deixou Kolo Muani sozinho para fazer o gol decisivo com seu primeiro toque na bola, menos de um minuto depois de ter entrado em campo.

A França é a primeira equipe campeã a chegar à final seguinte desde o Brasil em 1998, e no domingo tentará emular o Brasil (1958-1962) e a Itália (1934-1938) como a terceira equipe a conquistar dois títulos seguidos.

Para isso, eles terão que vencer a Argentina de Lionel Messi, que derrotou a Croácia por 3 x 0, na terça-feira, para chegar à sua sexta final da Copa do Mundo, numa tentativa de conquistar seu terceir título após as vitórias de 1978 e 1986.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − 10 =