– Hospital Municipal Nossa Senhora Sant’Ana, em Brasília de Minas (foto: Prefeitura de Brasília de Minas/divulgação) –

A Prefeitura de Brasília de Minas decretou estado de calamidade pública devido ao aumento de casos de síndrome gripal e da Covid-19.
Segundo o último boletim, o município está com 19 casos ativos de Covid-19 e sete pessoas estão internadas. Decreto suspende a realização de eventos que gerem aglomeração.

O decreto mantém a obrigatoriedade do uso de máscaras e suspende a realização de eventos que possam gerar aglomeração.

“Ficam suspensos quaisquer eventos que caracterizam aglomeração de pessoas, tais como festas de grande porte e afins, em qualquer local, seja fechado ou aberto, público ou particular”, determinou o decreto 3894.

O município alega, entre outros motivos, ter considerado o número crescente de pessoas com sintomas gripais que tem procurado as unidades básicas de saúde, que “caracteriza uma epidemia de gripe”.

Para atender toda a demanda, a Prefeitura disponibilizou plantão médico no PSF Central, das 17h às 21h, de segunda a sexta-feira, exclusivamente para casos de sintomas gripais. A orientação é que os moradores procurem atendimento no PSF mais próximo de casa ou no PSF Central para desafogar o Hospital Municipal Senhora Santana.

Brasília de Minas já registrou 1.596 casos da doença e 37 óbitos. Onze mortes estão em investigação.

Brasília de Minas também atende os municípios de Campo Azul, Ibiracatu, Icaraí de Minas, Japonvar, Lontra, Luislândia, Patis, São João da Ponte, Ubaí, Varzelândia, dentre outros municípios daquela micro região.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 4 =