Os equipamentos hospitalares apreendidos da Soebras, sob a acusação de fraude na exportação da Alemanha, estão 100% instalados no Hospital Universitário de Montes Claros, vinculado a Universidade Estadual de Montes Claros.

 O médico Paulo Fernando Aguiar salienta a importância dos equipamentos

O superintendente do hospital, José Otávio Braga Lima, explicou ontem de manhã, durante a confraternização com a imprensa, que faz seis meses esses equipamentos doados pela Receita Federal depois de apreendidos da Soebras, estão instalados. O superintendente José Otávio e o médico Paulo Fernando Aguiar mostraram que esses equipamentos, como monitores multiprofissionais e ventiladores mecânicos, estão sendo bem utilizados e ajudando os pacientes do SUS.

Desde o ano de 2015 que a Receita Federal fez a apreensão no Porto de Santos dos equipamentos adquiridos pela Soebras na Alemanha para equipar o Hospital das Clínicas, vinculado ao Grupo Soebras. É que o material foi adquirido de forma fraudulenta, pois utilizou o certificado de filantropia da então Associação de Promoção e Assistência Social, que era vinculado a Prefeitura de Montes Claros. A entidade sempre foi comandada pela esposa do prefeito. A então primeira-dama, Raquel Muniz, levou a APAS para o Grupo Soebras, a transformando na AMAS Brasil e adquiriu esses equipamentos, que custaram R$10 milhões.

O Hospital Universitário, por ser o único 100% SUS, recebeu esses equipamentos, doados pela Receita Federal e os instalou nas UTIs Adulta e Neo Natal, Bloco Cirúrgico, Bloco Obstétrico, Pronto Socorro e Clinicas. O superintendente José Otávio Braga Lima afirma que esses equipamentos permitem que o Hospital Universitário seja o único do Norte de Minas onde cada paciente internado tem um monitor para acompanhá-lo. Isso permite que se o paciente apresentar um problema, receba o socorro imediato.

Na confraternização com a imprensa, o reitor João dos Reis Canela mostrou os dados, onde a Unimontes conta atualmente com 11.419 alunos matriculados em vários cursos, e através dos projetos de extensão, atendeu 615.245 pessoas em seus vários projetos. O Hospital Universitário apresentou o atendimento de 539.334 procedimentos no ano passado. Ele é o único 100%.

Fonte: Jornal Gazeta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito − 2 =