Janones celebrou a mudança na política de preços da Petrobras, afirmando que as ações da empresa dispararam(foto: Billy Boss/Câmara dos Deputados)

O deputado federal André Janones (Avante-MG) usou de um “meme” famoso do algoz bolsonarista, Nikolas Ferreira (PL-MG), para celebrar as mudanças na política de preços da Petrobras, anunciadas nesta terça-feira (16/5).

“Com o fim da política de paridade as ações da Petrobras já começaram a valorizar e o brasileiro já começa a sentir a diferença positiva no bolso”, diz Janones ao compartilhar uma imagem de Nikolas “fazendo o L”, um gesto associado aos apoiadores do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e usado por opositores de forma irônica.

As mudanças na Petrobras colocaram fim na paridade de preços do petróleo com o dólar e o mercado internacional, e era uma promessa de campanha feita por Lula. Com a indicação do presidente da empresa, Jean Paul Prates, apoiadores do petista cobravam a medida.

Prates também anunciou a redução em combustíveis. O preço do gás de cozinha terá redução de 21,3%, a gasolina, 12,6%, e o diesel, 12,8%, em razão da nova política de preços da Petrobras. É previsto que, a partir de amanhã (17/5), a gasolina reduza, no mínimo, R$ 0,40 por litro. Já o diesel, R$ 0,44 por litro, e o gás de cozinha R$ 8,97, na refinaria.

Durante sua fala, Prates esclareceu que a petroleira não irá abandonar a referência internacional, mas sim a paridade de importação.
 “É bom  enfatizar que referência não é paridade de importação, é referência internacional. Portanto isso significa que, evidentemente, quando o mercado lá fora estiver aquecido e o petróleo e seus derivados com preços fora do comum, consolidadamente mais altos, isso será refletido no Brasil, porque abrasileirar os preços significa levar as nossas vantagens em conta, porém sem tirar o Brasil do contexto internacional, evidentemente.”, explicou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 2 =