A Câmara de Vereadores de Montes Claros realizou, nessa quinta-feira (22), Sessão Ordinária para eleição da Mesa Diretora para o biênio 2023/2024 desta 19ª Legislatura. Apenas uma chapa foi apresentada – o registro aconteceu no dia 07/12, às 17h35. A escolha dos novos membros da Mesa Diretora ocorreu em votação nominal, com a participação dos 23 vereadores, sendo que 22 votaram a favor da única chapa inscrita e houve uma abstenção. A nova mesa diretora eleita e que tomou posse está assim constituída: Martins Lima Filho (Cidadania) – Presidente; Maria Helena de Quadro Lopes (MDB) – vice-presidente; Igor Gustavo Dias (União Brasil) – 1º Secretário; e Wilton Afonso Dias (PTB) – segundo secretário.

O presidente eleito, Júnior Martins, ressaltou que em 19 legislaturas, esta é a segunda vez que apenas uma chapa concorreu. “A chapa única demonstra a unidade da Casa e o interesse em trabalhar por nossa cidade e legislar pelo bem comum. O município está crescendo e com grandes avanços, graças ao empenho e atuação de todos os vereadores em aprovar o que é bom para população. Por isso, a expectativa é realizar um trabalho em comum, com a contribuição de cada vereador na observação das leis e na interlocução com a comunidade”.

A vereadora Maria Helena (MDB) que é a segunda mulher a ser eleita para Mesa Diretora da Câmara Municipal, no cargo de vice-presidente, destacou que é importante a mesa diretora ter a participação da mulher, assim como na política. “É muito bom representar as mulheres como vice-presidente, sempre com o olhar, e cuidado feminino com a família e a sociedade diante de todas as dificuldades que a população passou após a pandemia. A casa do povo tem que ter esta acolhida ao povo de Montes Claros e às suas necessidades, ser mais dinâmica e proporcionando maior entendimento”.

O 1º secretário-geral, vereador Igor Dias, classificou a eleição com chapa única como um avanço e manutenção da democracia. “Nossa atuação vai ser um trabalho constante, com a modernização e informatização do parlamento e do acesso da população à Casa. Com certeza as nossas resoluções e trabalhos serão pautados em elevar o município”. O 2º secretário-geral Wilton Dias analisou que: “a eleição com chapa única com reconhecimento dos 22 dos 23 vereadores significa que nós temos a confiança e que juntos poderemos avançar no que já está dando certo e melhorar ainda mais. A proposta é ter uma mesa dinâmica, onde possamos interagir com todos os vereadores e ouvindo o povo, pois a Casa é deles”. Após a assinatura do termo de posse dos novos membros da Mesa Diretora, foram entregues aos membros da Legislatura 2020/2022 placa de agradecimento pela condução dos trabalhos na Casa nos últimos dois

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 4 =