Nas redes sociais, Alexandre Kalil anunciou que deixou a prefeitura de BH e deu estocadas em Zema e Bolsonaro: “Presidente da República não me manda tirar máscara”

Alexandre Kalil (PSD) anunciou em vídeo nas redes sociais nesta sexta-feira (25) que está deixando a prefeitura de Belo Horizonte para lançar sua pré-candidatura ao governo de Minas Gerais.

“A legislação brasileira me obriga a sair da prefeitura de Belo Horizonte. Sou pré-candidato ao Governo de Minas Gerais. Então, eu quero dizer ao povo de Belo Horizonte o seguinte: muito obrigado, gente. Foi bacana pra burro ser prefeito 5 anos e 48 dias”, diz Kalil no vídeo.

Nas imagens, o agora ex-prefeito de BH lista feitos à frente do comando da capital mineira e lança seu slogan: “sem promessa e sem mentira”.

Ao final do vídeo, Kalil, que negocia o apoio de Lula (PT), dá estocadas em Jair Bolsonaro (PL), que deve apoiar a reeleição de Romeu Zema (Novo) no estado.

“Minas Gerais não é um estado de palavra fluída e frouxa. Minas Gerais é um lugar de gente corajosa, orgulhosa. Nós não podemos confundir submissão com humildade. Nós somos por essência gente humilde, mas não lambe botas. Presidente da República não me manda tirar máscara. Presidente da República tem que trazer investimento para este estado. Este governo flácido que abandonou as estradas, que abandonou saúde, que abandonou tudo. Isto acabou”, disse Kalil, mirando também Zema.

Em entrevista a uma rádio mineira nesta quinta-feira (24), Lula sinalizou que deve fechar a parceria com Kalil em Minas.

“O Kalil precisa de mim, eu preciso do Kalil e se nós dois nos juntarmos, faremos uma chapa muito forte em Minas Gerais”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − um =