presidente garantiu que todos os envolvidos nos atos terroristas, inclusive os financiadores, serão punidos

Diante das ações terroristas protagonizadas por golpistas bolsonaristas, o presidente Lula (PT), que está em Araraquara (SP), anunciou, neste domingo (8), que decretou intervenção federal no Distrito Federal até 31 de janeiro.

Para o cargo de interventor foi nomeado o secretário-executivo do Ministério da Justiça, Ricardo Cappelli. Ele estará subordinado ao presidente.

Lula classificou as atitudes como barbárie e abominável. Além disso, chamou os golpistas de fascistas e garantiu que todos os envolvidos, inclusive os financiadores dos atos, serão identificados e punidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 5 =