O ex-presidente Lula (PT) se pronunciou na manhã desta quarta-feira, 15, sobre a operação da Polícia Federal com cara, cheiro e gestos de lawfare, ou seja, de guerra jurídica com fins políticos.

A “operação Coliseu” foi deflagrada para investigar um suposto esquema de fraudes, pagamentos de suborno a agentes políticos e servidores públicos durante as obras no estádio Castelão em Fortaleza.

No Twitter, Lula prestou solidariedade aos irmãos que foram seus aliados e disse que a casa de ambos foram invadidas pela Polícia Federal “sem necessidade”. O líder progressista também disse que os dois “merecem ser respeitados”.

Dilma também se solidariza com Ciro e Cid Gomes, alvos da PF: “merecem respeito”

“Suas casas foram invadidas, sem terem sido sequer intimados a depor”, destacou a ex-presidente, em crítica à Polícia Federal

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) utilizou o Twitter para prestar solidariedade ao candidato a presidente pelo PDT, Ciro Gomes, e ao senador Cid Gomes (PDT-CE), que foram alvos nesta quarta-feira (15) de uma operação da Polícia Federal.

Dilma criticou a PF, já que os agentes da instituição fizeram busca e apreensão na casa dos irmãos Gomes sem nem tê-los chamado para depor sobre a investigação em andamento.

“Minha solidariedade ao senador Cid Gomes e ao pré-candidato Ciro Gomes. Suas casas foram invadidas, sem terem sido sequer intimados a depor. Como cidadãos brasileiros, merecem ser tratados com o respeito às leis vigentes ao país. Repudio o arbítrio e a perseguição a eles”, escreveu a ex-presidente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − 2 =