Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, é o presidente eleito do Brasil. O petista venceu, neste domingo (30/10), o segundo turno contra Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição. Às 23h de hoje, com 99,99% das urnas apuradas, Lula somava 50,9% dos votos válidos, ante 49,1% de Bolsonaro. Não há, portanto, chance de mudança no resultado final.

Presidente da República entre 2003 e 2010, Lula, de 77 anos, vai cumprir, a partir de 1° de janeiro de 2023, o terceiro mandato como chefe do poder Executivo federal. O vice-presidente eleito é Geraldo Alckmin, filiado ao PSB e ex-governador de São Paulo.

A coalizão liderada por PT e PSB uniu, da esquerda à centro-direita, outros oito partidos. Além de petistas e socialistas, a coligação de Lula, batizada “Brasil da Esperança”, teve as participações de PCdoB, PV, Psol, Rede Sustentabilidade, Agir, Avante, Solidariedade e Pros.

No segundo turno, Lula conseguiu mais adesões à frente que o apoiou. Terceira colocada na primeira votação, a senadora Simone Tebet (MDB-MS) engrossou o bloco a favor da candidatura do PT, a exemplo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, do PSDB. Economistas ligados ao Plano Real, responsável pela instituição da moeda nacional, como Armínio Fraga, também declararam voto no vencedor do pleito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + 9 =