Um grupo técnico do Ministério Público Federal (MPF) mostrou que das cerca de mil pessoas presas pelos ataques golpistas de 8 de janeiro, metade recebeu o Auxílio Emergencial. A informação foi publicada nesta sexta-feira (17) pelo portal G1.

Em 8 de janeiro, apoiadores de Jair Bolsonaro (PL) invadiram o Palácio do Planalto, o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Congresso Nacional no início de janeiro.

De acordo com os números, aproximadamente 60% dos presos são homens, a maioria dos detidos possui idade entre 36 e 55 anos e cerca de um quinto é filiado a algum partido.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciou pelo menos 835 pessoas por envolvimento nos atos golpistas.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − quinze =