Foram divulgados os áudios dos grampos telefônicos que mostram o ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, admitindo que foi avisado pelo presidente Jair Bolsonaro de que uma operação da Polícia Federal seria desencadeada contra ele e que o apartamento onde mora, em Santos (SP), seria alvo de um mandado de busca e apreensão. O diálogo gravado é entre Milton Ribeiro, que é pastor da Igreja Presbiteriana, e sua filha.

“Hoje o presidente me ligou. Ele tá com pressentimento novamente de que eles podem querer atingi-lo através de mim. É que eu tenho mandado versículos pra ele né”, diz Ribeiro. Sua filha então questiona se o presidente “quer que o pai pare de mandar mensagem?”

A informação de Jair Bolsonaro vazou a operação da Polícia Federal e interferiu diretamente no caso que pesa contra um antigo integrante de seu governo caiu como uma bomba em Brasília. O Ministério Público Federal (MPF) entrou no caso e solicitou que o Supremo Tribunal Federal (STF) investigue o chefe do Executivo, já que ele tem direito a foro privilegiado.

Ouça o trecho em que Milton afirma ter sido avisado por Bolsonaro sobre a operação:

YouTube player

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − um =