PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS – Prefeitura de Montes Claros garante renda para o pequeno produtor e ameniza a fome de quem mais precisa

A Prefeitura de Montes Claros encerrou, nesta semana, a distribuição de cestas de hortifrutigranjeiros para os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e principais entidades assistenciais do município, através do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Com 251 agricultores cadastrados, o programa atende mais de 2 mil famílias no município, semanalmente. Agora, é necessário esperar o Governo Federal realizar novo chamamento público para que o programa seja reiniciado na cidade.

Em 2021, o orçamento disponibilizado pelo Ministério da Cidadania para investimentos na agricultura familiar montes-clarense chegou a R$ 650 mil, o mesmo valor do ano passado. E, antes mesmo do período de pandemia, semanalmente famílias e instituições já eram atendidas pelo projeto, que consiste em fomentar renda e amenizar a fome de quem mais precisa. São, ao todo, 11 CRAS, nas áreas urbana e rural, e 25 instituições na cidade que recebem os alimentos.

Segundo Osmani Barbosa Neto, secretário Municipal de Agricultura e Abastecimento, a ação da Prefeitura atende “os agricultores familiares, que melhoram suas rendas, principalmente nesse momento difícil de pandemia, e as famílias em extrema pobreza, que ganham produtos de boa qualidade, para saciar sua fome”.

Leonardo Ribeiro Veloso é produtor rural há mais de 20 anos na região do Planalto Rural. Ele conta que “o programa é de fundamental importância para os pequenos agricultores terem garantia de renda. E, neste período de pandemia, mostrou ainda mais a sua importância”.

Também da região do Planalto Rural, José Maria Ferreira de Souza, popularmente conhecido por “Cheiro”, é produtor rural há mais de 50 anos. “Esse projeto tem uma importância muito grande para o pequeno produtor. É renda garantida para mais de oito famílias que trabalham para distribuir os alimentos para quem mais precisa”, observa.

Da região do Pentáurea, Reivan Dias Rocha, 35 anos, conta que participa do projeto desde o início e que ele tem sido a principal fonte de renda da família. “Graças ao projeto eu consegui saldar minhas dívidas, fornecendo os alimentos para amenizar a fome das pessoas”, destaca.

Presidente da Casa de Acolhimento Amor e Vida, Josmar Xavier ressalta que o projeto do PAA contribuiu para alimentar diversas famílias na cidade. “ Esse projeto é importante para as pessoas e também para as instituições. Atendemos mais de 850 famílias de catadores, carroceiros e moradores de rua. Esses alimentos fortalecem a alimentação e um projeto desses não deve parar”, conta.

PAA – O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) é um programa executado com recursos do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, em parceria com estados e municípios. Através dele os municípios compram a produção dos agricultores familiares e a repassam gratuitamente a entidades assistenciais diversas. O PAA possui duas finalidades básicas: promover o acesso à alimentação e incentivar a agricultura familiar.

Para o alcance desses dois objetivos, o programa compra alimentos produzidos pela agricultura familiar, com dispensa de licitação, e os destina às pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional.

Ascom Prefeitura de Montes Claros

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis + três =