Das 20 vagas para os quatro Conselhos Tutelares de Montes Claros, que são responsáveis por zelarem pelos direitos das crianças e dos adolescentes, conforme estabelecido pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), mais da metade será ocupada por candidatos reeleitos. A eleição para a gestão 2024/2028 aconteceu no último domingo, 1, na Unimontes.

Leonardo da Silva Prates foi o candidato mais votado, com 507 votos, e irá permanecer no cargo de conselheiro tutelar por mais quatro anos. O mesmo aconteceu com Rita de Cássia de Jesus Neves – 443 votos; Luciano de Sá Santos – 346 votos; Gustavo Cruz Mendes – 310 votos; Matheus Maia Abreu Lopes – 307 votos; Helen Shalomanhia Fonseca de Medeiros – 280 votos; Camila Lima Oliveira – 268 votos; Gilmar Nicodemos Ramos – 266 votos; Fabilce Jaqueira Almeida – 213 votos; Kamila Geórgia de Paula Antunes Souto – 208 votos; e Zenaide Alves Barbosa – 191 votos.

Já entre os candidatos que não buscavam e reeleição, Maria de Lourdes Gino Ferreira foi a eleita mais votada, com 423 votos, seguida por Sara de Jesus Pereira da Silva (349); João Batista Ferreira de Freitas (319); Luciana de Jesus Santos Cardoso (317); Ilma Tiago dos Santos Lopes (264); Crislaine Fernandes Oliveira dos Santos (252); Bruna Cristina Alves (201); Katherinne Stefanny Silva Alves (199) e Júnia Marise Fagundes Magalhães (192).

Os nomes dos eleitos e suplentes foram publicados no Diário Oficial do Município desta terça-feira. Veja aqui.

Para a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Montes Claros – CMDCA, Karine Neves Dias, o processo eleitoral fluiu tranquilo e sem ocorrências. “A eleição para os Conselhos Tutelares aconteceu sem nenhum transtorno, graças à colaboração de todos os parceiros, especialmente dos promotores de Justiça Valmira Alves Maia e Danniel Librelon Pimenta, responsáveis por zelar pelos direitos da criança e do adolescente de Montes Claros, que garantiram a participação popular, democrática e cidadã na escolha dos novos conselheiros”, celebrou.

Perfil dos Conselheiros Tutelares

1) Leonardo Prates é Conselheiro Tutelar em exercício. Formado como assistente social, pós-graduado em Gestão de Políticas Públicas e estudante da disciplina “Democracia, Cidadania e Direitos Sociais” do Mestrado em Desenvolvimento Social da Unimontes. Já atuou como coordenador do Projeto Universitário Cidadão e do Programa Brasil Alfabetizado. Ele também é diretor do Conselho Regional de Serviço Social da seccional de Montes Claros e servidor da Secretaria Municipal de Juventude e Esportes de Montes Claros.

2) Rita de Cássia de Jesus Neves é graduada em Letras/Português e foi reeleita ao cargo de conselheira tutelar.

3) Maria de Lourdes Gino Ferreira é graduada em Psicologia Sistêmica e pós-graduada em Psicologia Jurídica. Terapeuta familiar. Realiza trabalhos sociais voluntários e terapêuticos com crianças e adolescentes. Com sua vivência, busca trabalhar de forma interdisciplinar.

4] Sara de Jesus Pereira da Silva é formada em Pedagogia e tem pós-graduação em Atendimento Educacional Especializado e Educação Especial. Há mais de 15 anos desenvolve trabalhos sociais e voluntários com crianças e adolescentes da cidade.

5) Luciano de Sá Santos foi reeleito conselheiro tutelar pela segunda vez. Com ensino médio completo, Luciano atua na defesa da Criança e do Adolescente desde 2019.

6) João Batista Ferreira de Freitas é formado em Psicologia, História e Filosofia. Participou no programa Força nos Esportes, que promove o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes e a inclusão social através do esporte, no 55º BI. Atualmente é voluntário no projeto “Jovens e Adolescentes em Busca de Superação- JABS”.

7) Luciana de Jesus Santos Cardoso é acadêmica de Serviço Social e coordenadora do Projeto Social do Grupo Sou Humano, que presta serviço assistencial a crianças, adolescentes e adultos em situação de rua, famílias carentes e desabrigados.

8) Gustavo Mendes é formado em Sistemas de Informação e em Engenharia de Produção. Já ministrou cursos de informática para crianças e adolescentes carentes e, atualmente, está engajado no combate à violação de direitos das crianças e adolescentes no município de Montes Claros.

9) Matheus Maia é professor de jiu-jitsu há mais de 10 anos e atuou com crianças e adolescentes em projeto social. Foi reeleito conselheiro tutelar para a gestão de 2020/2023.

10) Helen Shalomanhia é assistente social e está comprometida com o Estatuto da Criança e do Adolescente. Foi reeleita Conselheira Tutelar.

11) Camila Lima é graduanda em Serviço Social, pesquisadora da temática das violências contra crianças e adolescentes, com ênfase em violências sexuais, ativista das cozinhas solidárias e do MTST Montes Claros.

12) Gilmar Nicodemos Ramos é formado em Ciências Sociais. Atuou em organizações da Sociedade Civil, como a Visão Mundial/PRODERES, foi presidente do Conselho Comunitário de Segurança Pública, presidente da Associação de Moradores do bairro Alterosa, e atuou na Pastoral da Juventude da Paróquia São Sebastião. Conselheiro Tutelar em seu 3° mandato.

13) Ilma Tiago dos Santos Lopes é agente da Pastoral do Menor e da Pastoral Familiar da Paróquia São João Batista. Foi conselheira tutelar no período de 2016 a 2020.

14) Crislaine Fernandes é professora de reforço escolar e alfabetização. Formada em Pedagogia e estudante de Libras, Crislaine desenvolve trabalho voluntário com crianças e adolescentes há vários anos.

15) Fabilce (Bia) Almeida é graduada em Serviço Social, pós-graduada em Políticas Públicas com ênfase no atendimento psicossocial na Saúde e na Educação, e atuou em Unidade de Acolhimento para crianças e adolescentes. Conselheira Tutelar titular reeleita para o 2° mandato.

16) Kamila Souto é formada em Comunicação Social/Jornalismo e foi reeleita como Conselheira Tutelar.

17) Bruna Cristina Alves é assistente social e atualmente atua na Secretaria de Educação de Montes Claros. Ex-conselheira tutelar do Município de Montes Claros de 2016 a 2020.

18) Katherinne Stefanny Silva Alves, bacharel em Serviço Social e pós-graduada em Educação. Foi estagiária na Prefeitura de Montes Claros no projeto Trabalho Social da Diretoria de Habitação e no CREAS I. Realiza trabalho voluntário com crianças e adolescentes há nove anos.

19) Junia Marise Fagundes é graduada em Serviço Social. Atuou como conselheira tutelar de 2016 a 2020, ampliando conhecimentos para a utilização do ECA, e participou assiduamente de capacitações voltadas para a política de atendimento ao público infantojuvenil.

20) Zenaide Alves é assistente social, pós-graduada em Políticas Sociais com ênfase em Atendimento Psicossocial na Educação e Saúde. Especialista na garantia dos direitos e nas políticas de cuidados de crianças e adolescentes, sendo conselheira tutelar titular reeleita para o 3° mandato.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 3 =