O Movimento LGBTQ+ dos Gerais (MGG) realiza neste sábado, 29, uma manhã solidária em comemoração ao Dia Nacional da Visibilidade Trans e Travesti, com distribuição de preservativos e folhetos educativos sobre doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), além de cestas básicas. A ação acontecerá na Casa da Cidadania (Praça Raul Soares, S/N, no Centro), das 9 às 13 horas, com apoio da Prefeitura de Montes Claros e do projeto Amor e Vida.

Para o presidente do MGG, José Cândido Filho (Candinho), “o Dia da Visibilidade Trans foi instituído em 2004 pelo Ministério da Saúde, após a divulgação da campanha ‘Travesti e Respeito’, em reconhecimento à dignidade desta população. O ato foi um marco na história do movimento contra a transfobia e na luta por direitos, e esta data representa a luta de transexuais e travestis na defesa da garantia e ampliação de seus direitos e no combate ao preconceito”, comentou Candinho, informando que o Brasil continua sendo o lugar mais perigoso para uma pessoa transexual viver.

“No ano passado, mais de 100 travestis, homens e mulheres trans, foram assassinades, devido à sua identidade de gênero. Ou seja, o Brasil ainda é campeão de mortes LGBTQ+, principalmente travestis e transexuais. E isso é inaceitável”, complementou.

Via Prefeitura de Montes Claros

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − 9 =