Líder sindical histórico, Chico Ferramenta foi prefeito de Ipatinga (MG) por três mandatos e também deputado estadual e deputado federal pelo PT

O ex-prefeito de Ipatinga, Chico Ferramenta, morreu no começo da tarde desta terça-feira (4). Francisco Carlos Delfino, de 64 anos lutava contra uma pneumonia. Inicialmente, ele foi internado no Hospital Municipal Eliane Martins. Em seguida, foi para o Hospital Márcio Cunha, ficou dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e morreu hoje.

No final do mês passado, a esposa de Chico, Cecília Ferramenta postou em suas redes sociais que o marido havia tido uma melhora em seu quadro. Contudo, após alguns dias se recuperando em casa, o ex-prefeito de Ipatinga Chico Ferramenta foi novamente internado no Hospital Márcio Cunha no dia 23 de junho, em virtude de uma piora do padrão respiratório e da função renal.

Nota de pesar do PT

O Partido dos Trabalhadores lamenta profundamente o falecimento do companheiro Chico Ferramenta, ocorrido nesta terça-feira (4), na cidade de Ipatinga (MG).

Líder sindical histórico, Francisco Carlos Delfino, o Chico Ferramenta, tinha 64 anos e foi prefeito de Ipatinga por três mandatos, o primeiro entre 1989 e 1993 e os outros dois entre 1997 e 2005.

Ele também foi deputado estadual, no período de 1987 e 1988, além de deputado federal, entre 1995 e 1996.

O velório será realizado no Ginásio do Centro Cultura e Esportivo 7 de Outubro, no bairro Veneza, em Ipatinga.

Dirigentes e militantes do PT manifestam a sua solidariedade à esposa Cecília Ferramenta, aos filhos Frederico, Lucas e Wladimir, demais familiares, aos amigos e companheiros de Chico Ferramenta neste momento de imensa tristeza e dor.

Chico Ferramenta, Presente!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis + 18 =