Jancleiber Lopes dos Santos. Foto: reprodução

O ato teria ocorrido na residência de Jan de Joquinha, quando sua cunhada hoje com 42 anos foi visitar a irmã.

MATIAS CARDOSO –  O Ministério Público de Minas Gerais, ofereceu denúncia criminal contra o vice-prefeito de Matias Cardoso, no Norte de Minas, Jancleiber Lopes dos Santos, conhecido como Jan de Joquinha, 42 anos (PL), por abuso sexual cometido contra a cunhada no dia 27 de setembro de 2021.

Na denúncia oferecida pelo MP, o vice-prefeito  praticou atos libidinosos contra a cunhada. O ato teria ocorrido na residência de Jan de Joquinha, quando sua cunhada hoje com 42 anos foi visitar a irmã.

De acordo com o MP, o vice-prefeito teria oferecido a vítima uma mistura de lição com sal. Essa mistura é servida para acompanhar outras bebidas, mas ela teria percebido que o cunhado acrescentou cachaça no copo e se recusou a continuar bebendo.

YouTube player

Ainda de acordo com o MP, naquela noite a mulher resolveu dormir na casa da irmã. O vice teria aproveitado que todos estavam dormindo  e invadido o quarto da cunhada e cometido o abuso.

Na denúncia, o MP defende que o vice responda por abuso de vulnerável, já que a vítima estava dormindo e não pode oferecer resistência. Caso seja condenado o vice-prefeito poderá pegar de 8 a 15 anos de prisão.

O pai da vítima disse que Jan de Joquinha além de abusar de uma das filhas, ainda teria tentado denegrir a imagem de uma segunda filha. O pai da vítima afirmou que o vice-prefeito é um mostro.

Depois da repercussão do caso na pequena Matias, o vice teria encaminhado um áudio para o pai da vítima se desculpando, além disso, ele teria culpado a bebida pelo fato ocorrido. Ainda nos áudios, o vice-prefeito teria pedido para não continuar com a denúncia para não causar mais dor e prejuízo.

Em nota, a defesa do vice-prefeito informou que seu cliente não foi intimado, por isso, a defesa fica impossibilitada de se manifestar. O prefeito de Matais disse que a gestão não compactua com qualquer tipo de ilícito

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 3 =