Em 22 de junho, as autoridades constataram, após denúncias com base em postagens nas redes sociais, “várias infrações ambientais” na luxuosa propriedade

O Ministério Público multou o craque Neymar em R$ 16 milhões pela construção sem licença ambiental de um lago artificial em sua mansão em Mangaratiba, no litoral do estado do Rio de Janeiro, informaram autoridades nesta segunda-feira (3).

Após “constatar a prática de infrações ambientais na obra de construção de um lago artificial na mansão do jogador”, a Secretaria de Meio Ambiente de Mangaratiba aplicou quatro multas, informou a prefeitura da cidade em um comunicado.

“As sanções somam mais de 16 milhões de reais”, acrescentou.

O valor das multas foi definido pela Procuradoria-Geral de Mangaratiba, município turístico localizado a cerca de 130 quilômetros do Rio onde fica a mansão do camisa 10 do Paris Saint-Germain, após avaliação de laudo elaborado por autoridades ambientais.

Entre as “dezenas de infrações” detectadas, estão a “realização de obra sujeita a controle ambiental sem autorização”, “captação e desvio de água de rio sem autorização” e “movimentação de terras e supressão de vegetação sem autorização”, segundo a nota.

Neymar tem 20 dias para recorrer da sanção, cujo valor inicialmente estava fixado em 5 milhões de reais.

Em 22 de junho, as autoridades constataram, após denúncias com base em postagens nas redes sociais, “várias infrações ambientais” na luxuosa propriedade, onde trabalhadores construíam um lago artificial e uma praia.

As autoridades isolaram o local e ordenaram que todas as atividades cessassem, mas a mídia brasileira informou que Neymar havia dado uma festa lá e tomado banho no lago.

Mansão do Neymar em Mangaratiba (Rio).Foto: Mauro PIMENTEL / AFP

A assessoria de imprensa de Neymar não respondeu a um pedido de comentário da AFP.

Neymar, de 31 anos, está se recuperando de uma cirurgia no tornozelo direito, a que foi submetido em Doha em março.

O atacante não joga desde fevereiro e surgiram dúvidas sobre sua permanência no PSG.

O camisa 10 comprou a mansão de Mangaratiba em 2016. Segundo a mídia brasileira, ela ocupa 10 mil metros quadrados de terreno e inclui heliporto, spa e academia.

Fonte: Carta Capital

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 1 =