No primeiro de dezembro é celebrado o Dia Mundial de Luta Contra a Aids. Para marcar a data, a Prefeitura de Montes Claros, através do Centro de Referência em Doenças Infecciosas (CERDI) da Secretaria Municipal de Saúde, participou de uma blitz educativa realizada pelo Hospital Universitário (HU) Clemente de Faria, em parceria com o Movimento LGBTQ+ dos Gerais (MGG) e o GRAPPA, com apoio da MCTrans. A blitz contou com distribuição de panfletos e preservativos, e aconteceu nas proximidades do HU. Nesta sexta, das 22 à meia-noite, será realizada uma blitz noturna, nas avenidas, bares, restaurantes, postos de combustíveis e prostíbulos da cidade, para conscientizar a população em geral sobre a prevenção do HIV e a eliminação do preconceito.

“O Programa das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) definiu para o ano de 2022 o tema ‘Equidade já’, cujo objetivo é uma chamada para que a sociedade coloque em prática as ações efetivas necessárias para combater as desigualdades, e assim ajudar a acabar com essa doença”, informou o presidente do MGG, José Cândido De Souza Filho, o Candinho.

“Neste 1° de Dezembro, Dia Mundial de Luta contra a Aids, precisamos reforçar a importância de enfrentarmos as desigualdades, priorizando e ampliando o acesso aos serviços de tratamento, testagem e prevenção, para eliminar de vez esta doença que causa muita dor e sofrimento. E nada melhor do que a conscientização”, comentou a secretária de Saúde da Prefeitura, Dulce Pimenta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito + dois =