Suplente do PDT, Délio Pinheiro assume vaga na Câmara dos Deputados em fevereiro

O jornalista e radialista Délio Pinheiro (PDT) tomará posse como deputado federal no dia 1o de fevereiro de 2024, em substituição ao presidente do partido em Minas, deputado Mário Heringer, que se licenciará do cargo.
O anúncio foi feito pelo próprio Délio, primeiro suplente do PDT mineiro, durante palestra proferida na Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amams), na noite de segunda-feira (11). Ele tem 45 anos e é natural de Porteirinha. Obteve 56.891 votos, quase 40 mil apenas em Montes Claros, onde é pretenso pré-candidato a prefeito. Com isso, o Norte de Minas amplia sua bancada na Câmara Federal, de 4 para 5 representantes. Foram eleitos pela região os deputados Marcelo Freitas (União Brasil), Paulo Guedes e Patrus Ananias (PT) e Célia Xakriabá (Psol).
Heringer se licencia do mandato para se dedicar a questões partidárias e costuras eleitorais e já indicou que um dos seus focos é Montes Claros, onde o desempenho de Pinheiro surpreendeu e pavimentou caminho para uma possível candidatura, condicionada ainda a negociações das quais se ocupará o parlamentar licenciado.
A notícia foi dada durante o lançamento do livro “A música do realejo e outras histórias”, de autoria de Pinheiro, entremeado por uma palestra sobre comunicação de alto impacto, durante a qual o futuro deputado deu dicas de
como ser um bom comunicador e enfatizou a importância da comunicação na vida cotidiana e profissional.
Depois de passagens pelo rádio e tevê, onde trabalhou por 12 anos, apresentando e fazendo reportagens, Délio Pinheiro revelou que resolveu escrever uma nova história de vida ao enveredar na política. “Não sei se consegui, mas me esforcei para ser o melhor radialista e o melhor jornalista. Agora, farei o possível para ser o melhor político”, disse.

* Jornalista

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − 13 =