Primeira via do documento é gratuita e obrigatória à população

Novo documento já pode ser emitido — Foto: Evandro Leal / Folhapress

A nova Carteira de Identidade Nacional já está sendo emitida em Minas Gerais desde o dia 27 de dezembro de 2023. A Polícia Civil alerta que a população tem até fevereiro de 2032 para solicitar o documento, que em sua primeira via é gratuito.
“A partir da Carteira de Identidade Nacional (CIN), o registro será único e utilizará o CPF como registro geral em todos os estados. As pessoas devem fazer o agendamento e procurar os postos de identificação da sua localidade para solicitar o documento. As carteiras de identidade atuais têm o prazo de até 2032, mas a Polícia Civil orienta que seja realizada a troca pela carteira de identidade nacional”, orienta a instituição.

YouTube player

Veja passo a passo de como solicitar a nova carteira de identidade em MG:
Como solicitar? Preciso levar foto?
Para emitir a primeira via da nova Carteira de Identidade Nacional, é preciso fazer agendamento prévio pelo site mg.gov.br ou pelo app MG Cidadão. A emissão da carteira é feita apenas presencialmente. No momento da solicitação, é preciso apresentar certidão de nascimento ou de casamento, além do CPF, que será o único número de identificação do documento.
É preciso levar:
Certidão de nascimento ou casamento – O documento deve estar legível, sem rasgos, emendas ou rasuras que comprometam a originalidade do documento;
Documento que conste o número do CPF da pessoa.
Atenção: não mais necessário levar fotos 3×4. O registro é feito no próprio local, com exceção de crianças que não possam posar sem amparo de terceiros. Nesses casos, os responsáveis devem levar fotos com fundo branco.
É gratuito?
Sim. A emissão da primeira via e também das renovações é gratuita (leia mais sobre o período de validade do documento abaixo). Contudo, em caso de perda do documento, a população precisará de arcar com os custos da nova via. O valor estabelecido por cada nova emissão é de R$ 100,74.
Em caso de furto ou roubo, a pessoa consegue isenção da taxa caso apresente boletim de ocorrência em até 60 dias do ocorrido. Também é possível pedir a isenção em caso hipossuficiência.
Como recebo a carteira?
O documento é enviado, via Correios, para o endereço indicado pela pessoa em até 15 dias úteis. Também é possível solicitar a retirada na própria unidade de atendimento.
É obrigatório?
Sim. A população terá um prazo até 28 de fevereiro de 2032 para se adequar ao novo modelo. Até lá, o RG atual segue válido.

Versão digital
A nova carteira de identidade tem versão digital. O documento poderá ser acessado pelo aplicativo GOV.BR e terá validade, na versão virtual, como documento oficial, o que já ocorre, por exemplo, com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
Prazo de validade
A validade da Carteira de Identidade Nacional varia conforme a idade:
0 a 12 anos: validade de 5 anos.
12 a 60 anos: validade de 10 anos.
Acima de 60 anos: validade indeterminada.
Nome civil e nome social
A nova carteira de identidade também possibilita que o cidadão tenha, no mesmo documento, o nome civil e o nome social.
Nova carteira não substitui outros documentos
Alguns documentos podem ser incluídos na nova Carteira de Identidade Nacional, como Carteira Nacional de Habilitação (CNH), título de eleitor e carteira profissional. Apesar disso, a nova identidade não substitui outros documentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 + 8 =