Hoje, 03 de julho de 2018, Montes Claros completa 161 anos de emancipação política. A clareira aberta sobre os dois irmãos por volta do ano de 1768, quando uma expedição composta por 12 bandeirantes, a Expedição Espinosa, desbravou a região e descobriu os Montes Claros, cresceu, adolesceu, amadureceu e ganhou maturidade.

Montes Claros, a pérola do Norte de Minas, é uma das cidades que mais cresce no Estado, por ser um local aconchegante de alma e coração, que é o reflexo de sua gente alegre, participativa e acolhedora. Por isso, todos se sentem filhos desta terra que um dia foi o Arraial das Formigas. Como em qualquer lugar, por aqui faltam educação, emprego, moradia, segurança e muito para suprir as necessidades básicas para a qualidade de vida da população, mas ninguém deixa de sonhar, e muitos vivem desses sonhos.

 Sexto maior município de Minas Gerais e primeiro da Região Norte, a cidade abriga mais de 400 mil habitantes, mas, na verdade, supera os 600 mil, por causa da população flutuante, e se firmou como um importante polo regional, que ultrapassa até mesmo os limites do Estado. Tornou-se referência na medicina, na tecnologia, na educação e na excelência dos serviços. Uma cidade acolhedora, pronta a receber a todos de braços abertos, fruto da herança de nossos pioneiros. As terras de Montes Claros eram, até a década de 1760, habitadas apenas pelos índios Anais e Tapuias. Grande é a alegria dos montes-clarasenses, que comemoram o aniversário desta cidade que é um verdadeiro coração de mãe, que tem lugar para todos e a todos abraçam.


Por isso, não sejamos ingratos e saibamos respeitar os nossos antepassados, e acima de tudo, deixemos de ser bairristas e vamos pensar apenas em construir uma cidade melhor para se viver, de mais oportunidade para todos, de gente mais feliz. Parabéns Montes Claros!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − dois =