– Denúncia surge em meio a mais uma crise política em seu governo –

Sputnik – O presidente do Peru, Pedro Castillo, denunciou uma suposta movimentação golpista no país contra o seu governo, em meio à crise política que atravessa o Executivo.

“Nesta nova campanha midiática que tem o objetivo de promover a vacância presidencial, são descobertas as atitudes antidemocráticas de alguns setores que buscam apenas desestabilizar o país e põem em risco a governabilidade”, afirmou Castillo em carta publicada no Twitter.

“Denuncio as tentativas de golpe que estão sendo orquestradas com mais força nesta semana”, disse em outro trecho do documento.

Em 4 de fevereiro, o chefe de Estado anunciou a saída de seu primeiro-ministro, Héctor Valer, e dos demais membros do gabinete ministerial apenas quatro dias após as nomeações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove + treze =