IDEIAS PRÓPRIAS – Eu falo sobre política. Eu falo sobre futebol. Eu falo sobre religião. Mas não discuto política, não discuto futebol e nem discuto religião. Apenas exponho as minhas ideias, que são minhas mesmo. E não me julgo e nem alimento a vaidosa pretensão de ser formador de opinião de seu ninguém. Isso eu deixo para os imbecis e idiotas de plantão.

 

PROTEÇÃO AO PATRIMÔNIO – Atenção estudantes da Universidade Estadual de Montes Claros: todos estão convocados a defenderem com unhas e dentes o patrimônio físico da universidade.  A universidade não é minha e nem sua; nem do reitor e nem dos professores. A universidade é de todos. É do povo. Temos que preservá-la para as gerações vindouras. Vandalismo é crime e lugar de vândalo não é em sala de aula de uma universidade, mas na cadeia mesmo.

BOLA DE CRISTAL – Curiosa indagação aos pessimistas que sempre manipularam sua bola de cristal econômica durante o governo da presidenta Dilma Roussef: quando é mesmo que a gasolina e o dólar vão atingir R$ 5 reais no atual governo golpista?

ENGANA-ME QUE EU GOSTO – Se o senhor Geddel Vieira Lima fosse Ministro de Governo da presidenta eleita do Brasil, Dilma Roussef, já teria sido preso coercitivamente para prestar depoimento em Curitiba; todos os deputados federais  e senadores da hoje base aliada já teriam exigido do governo federal a sua cabeça. E a Procuradoria Geral da República não estaria pedindo ao STF para investigar o rumoroso caso da  compra de um apartamento, pela referida autoridade do governo, em área tombada pelo IPHAN em Salvador, mas sim a sua condenação e prisão imediata. 

Se possível, em presídio de segurança máxima.

As investigações já foram feitas sem querer pelo próprio presidente usurpador Michel Temer  – principal e mais importante testemunha do crime – em suas declarações públicas e divulgadas na chamada grande imprensa.

Há, ainda, uma suposta gravação da conversa entre Temer e o ex-ministro Calero, que foi quem pôs o ventilador na farofa.

Para o bom entendedor um pingo basta!

Incrédulo e envergonhado, o homem simples do povo indagaria aos seus botões:  o país vive ou não vive numa República do Engana-me que eu Gosto?

SALTOU DE BANDA À FRANCESA – Mal mal terminava de escrever o tópico acima, quando o telejornalismo da Globo invadiu o programa de Fátima Bernardes para anunciar que o Ministro Geddel Vieira acabava de entregar a sua carta de demissão do cargo.

Acusado de ter pressionado o ex-Ministro da Cultura para liberar uma obra embargada pelo IPHAN em Salvador, o Ministro de Governo entregou  uma carta de demissão , na manhã desta sexta-feira, 25, pessoalmente ao seu amigo presidente da República Michel Temer.

Segundo a assessoria do Planalto em informações dadas à imprensa, o presidente Temer aceitou o pedido de Geddel, que era o responsável pela articulação do governo com o Congresso Nacional;

Não foi preciso nem o pedido de investigação do caso dirigido ao STF pela Procuradoria Geral da República. O escândalo foi tão vergonhoso que abalou o Palácio do Planalto. 

Para não cair ainda mais no descrédito e expor seu amigo Temer e demais cúmplices do Palácio da Alvorada ao ridículo, saiu-se bem à francesa com um pedido de exoneração do cargo.

É mais um auxiliar de Temer a cair em pouco mais de 4 meses do governo golpista.

Ou a ligar o desconfiômetro para não passar pela vergonha de ser retirado do ministério pela pressão popular.

Eta que quá, diria em sua sepultura o espírito do folclórico cortador de lenhas Manoel Quatrocentos.

JUSTIÇA INTERNACIONAL – Seria recomendável que os organismos internacionais – como a ONU e a OEA – fossem registrando o dia a dia da Operação Lava Jato e as perseguições arbitrárias ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelos seus operadores.

Pelo menos, em seus dois mandatos presidenciais, dentre outras conquistas, o ex-presidente Lula pagou a novelesca dívida do país junto ao FMI, retirou o Brasil do Mapa da Miséria, deu novo poder de compra e valor real ao salário mínimo, ampliou o crédito popular, implantou várias Universidades Públicas pelo território brasileiro afora, ampliou as linhas de crédito popular, criou uma nova classe média que vivia na pobreza e colocou o País entre as 7 maiores economias do mundo.

O que assistimos nos dias atuais? Um governo golpista que está acabando com os avanços sociais e vendendo o país descaradamente para o capital estrangeiro.

Isso, sem se citar outros escandalosos casos de desgoverno que vêm ocorrendo no Palácio da Alvorada e no Congresso Nacional.

Mesmo assim, com vistas às eleições presidenciais previstas para 2018,  o juiz federal peessedebista Sérgio Moro quer por que quer prender o ex-presidente da República para cassar-lhe os direitos políticos.

E não são ouvidos panelaços nos bairros chiques das capitais e nem movimentos da burguesia festiva nas ruas e avenidas gritando Fora Temer.

E nem o pato da toda poderosa FIESP desfilando em protesto pelo desgoverno que ajudou a implantar.

VIVA O PATO – A doutora em Economia, professora Tânia Fialho, postou uma mensagem no Facebook, nessa quinta-feira, 24, que merece ser lida por todos, a título de reflexão sobre o atual momento institucional e financeiro implantado por um governo golpista no país:

“E agora Dr. Moro????  Enquanto você se preocupa em forjar provas contra Lula e Dilma, “os outros” vão aprovar a anistia a todos os crimes até então cometidos contra a pátria brasileira. Será que compensou tirar uma Presidente honesta e legitimamente eleita? Quem responderá por todas as mentiras contadas à população do país? Quem responderá pela geração do caos econômico em que vivemos? A quem caberá a culpa de tamanho desemprego do atual governo? A quem culpar pelas escolas ocupadas e pela retirada de diversos direitos dos cidadão brasileiros? Vai culpar a Dilma que não quis fazer pacto com o demônio? Culpar o Lula por ter adotado políticas de distribuição de renda? Quem responderá por tantos crimes cometidos contra o povo brasileiro? Só não vale dizer que a culpa de tamanho destempero é do Pato da FIESP, que diga-se de passagem, anda meio sumido do cenário político. Imagino que ele não deve estar tendo tempo mesmo, afinal tem o bolsa empresário para cuidar, a privatização para administrar e a redução do sistema financeiro para gerir. E viva o pato.

RENAN NA BERLINDA – Falsidade ideológica, uso de documento falso e peculato. Essas são as denúncias feitas pela Procuradoria Geral da República contra o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) e que serão julgadas no dia 1º de dezembro, em plenário, pelo Supremo Tribunal Federal.  O anúncio foi feito nessa quinta-feira, 24, pela presidenta do STF, ministra Cármen Lúcia. O inquérito está sob sigilo e apura se a empreiteira Mendes Júnior pagou pensão alimentícia à jornalista Mônica Veloso, com quem o parlamentar tem uma filha. Mas o povo pergunta: desde quando o STF mantém sigilo nos processos tidos como sigilosos que são demandados àquela Corte? Ou só existe quebra de sigilo quando a Globo quer?

LULA INOCENTADO – Enquanto isso, no âmbito da operação lava jato, o juiz Sérgio Moro continua tentando junto a algumas testemunhas arroladas – dentre políticos e executivos da Petrobrás – que alguma delas acuse o ex-presidente Lula de ter sido beneficiado pela Construtora OAS com R$ 3,7 milhões em obras feitas no triplex de Guarujá. 

Oitava testemunha a ser ouvida, o ex-diretor da Petrobrás, Cerveró, disse não saber de interferência de Lula  na nomeação para a Petrobras. Mas citou Michel Temer e Geddel Vieira como interlocutores nas negociações do PMDB para indicar  titulares de cargos da empresa estatal.

Interessante é que a Globo, em seu  jornal eletrônico, registra o fato num  momento e no momento seguinte  o  retira do ar. Será por quê?

DELAÇÃO E GRANA – A disputa entre Brasil, Suíça e Estados Unidos de uma multa de US$ 2 bilhões a ser paga pela Odebrecht pelos acordos de leniência assinados com os três países, levaram os procuradores da Operação Lava-Jato a suspenderem, nessa quinta-feira, 24, as tentativas finais para  a assinatura dos acordos de delação do empresário Marcelo Odebrecht e mais 76  executivos da empreiteira. 

Segundo noticiaram os principais jornais do país, os acordos começariam a ser assinados na quarta-feira e seriam encerrados nessa quinta, 24. Segundo  informações oficiais uma série de dúvidas surgidas quando advogados e procuradores já estavam reunidos, obrigaram as duas partes a adiar o desfecho das delações mais aguardadas desde o início da Lava-Jato. 

À boca pequena , no entanto, soube-se que um dos empecilhos para assinatura dos acordos estaria  relacionado  à distribuição dos valores da multa a ser paga pela Odebrecht, algo em torno de US$ bilhões, entre Brasil, Estados Unidos e Suíça.

Ao que tudo indica, o dinheiro em jogo fala mais alto do que o combate à corrupção. É a lei do fascismo.

 

MARCANDO TOUCA – Do alto dos mais de 35 mil votos obtidos nas últimas eleições municipais de Montes Claros, a  petista Leninha deveria sugerir ao Diretório Municipal do PT local a criação de um blog para a veiculação de notícias na Internet, não só da cidade mas também e principalmente nacionais.  Nesse sentido, o PT local está marcando touca. Até parece que  o país vive num  regime republicano verdadeiro. E que o PT é a desgraça nacional. A resistência ao fascismo começa na base e os municípios são as molas mestras da cidadania. A advertência está feita. Depois, depois…

TADEUZINHO VEM AÍ – Pelo andar da carruagem, o deputado estadual  e atual Secretário de Estado Tadeuzinho  deverá ser o próximo prefeito de Montes Claros. Dificilmente  o  prefeito eleito  e ex-deputado Humberto Souto disputará a reeleição, Ruy Muniz deverá ter os seus direitos políticos cassados, o PT não terá fôlego para se aventurar em um novo pleito municipal em 2020. Então, o PMDB virá com tudo e o seu carro chefe em Montes Claros, Tadeuzinho, vai apelar para o seu prestígio e contará com a tradição política herdada do pai. Os deputados Gil Pereira, Carlos Pimenta e Arlen Santiago devem correr por fora. Quem viver verá.

TOMBAMENTO  HISTÓRICO – O prefeito em exercício de Montes Claros, radialista José Vicente, pode marcar com chave de  ouro a sua curta passagem pela chefia do município. Se ele de fato tombar para o Patrimônio Público Municipal a Serra dos Montes Claros, carinhosamente chamada pelo povo de Serra do Mel, em sua parte do lado Oeste na cidade, vai entrar para a história como o único prefeito que se preocupou de fato com a preservação do meio ambiente no município  

Deve-se fazer justiça registrando que o prefeito Ruy  Muniz, que se encontra afastado do cargo por uma decisão judicial, começou o processo, tombando o Morro Dois Irmãos, que integram  a Serra do Mel. Mas tombar toda a extensão territorial da única reserva florestal que protege a cidade, vai requerer, acima de tudo, muita coragem do prefeito em exercício José Vicente.  Daí a razão da inclusão do seu nome no panteão dos prefeitos que contribuíram efetivamente com o equilíbrio ambiental  de uma cidade tão carente de cinturões verdes e de nascentes de água. A história está de olho em você, José Vicente.

.COBRANÇA CASADA? -Em matéria de respeito às leis e ao povo, principalmente, o Ministério Público de Montes Claros está em débito com a população. O exemplo disso é o descaso que vem mostrando aquele órgão com relação à majoração descabida de 50 por cento  nos serviços de manutenção da iluminação pública de Montes Claros. Quem está cobrando é a Cemig, mas a autorização do aumento teve origem na Prefeitura. Além disso, os serviços não são prestados pela estatal. Fica a pergunta no ar: não é uma cobrança casada? Qual foi o critério para a majoração do valor de um serviço que cheira à taxa? Olho vivo nisso aí Ministério Público de Montes Claros, pois o povo está de olho  em seus organismos do judiciário.

MATA E PEDE DESCULPAS – Depois de corromper licitações públicas, roubar os cofres públicos, lesar a boa fé de uma população de mais de 200 milhões de almas durante muitos anos, a Odebrecht, uma das empreiteiras envolvidas no escândalo da Petrobras – e também uma das responsáveis pela desestabilização institucional da nação – já elaborou um texto para pedir desculpas aos brasileiros. Vai publicar o texto depois das delações de seus executivos, previstas para semana que vem. Esses empresários são mesmo autênticos caras de pau. E tudo fica como dantes no quartel de Abrantes. A pizzaria está novamente aberta. Ó céus! Quanta encenação! Quanta hipocrisia!

__________________________________________________________________________________________________________

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − dezoito =