A PF quer saber o que todo mundo já sabe: que o coronel Lima é apenas uma laranja de Temer

 – A Polícia Federal investiga se a Fazenda Esmeralda, localizada no interior de São Paulo e usada pela empresa Argeplan, de João Baptista Lima Filho, o coronel amigo de Michel Temer, pertence ao peemedebista, aponta reportagem de Mariana Oliveira e Andréia Sadi, no G1.

De acordo com relatório das buscas e apreensões feitas no dia 29 de março, no âmbito da Operação Skala, a PF apreendeu em endereços de coronel Lima diversos documentos sobre a fazenda. A Operação está ligada ao inquérito que apura se Temer editou um decreto para beneficiar empresas do setor de portos.

Mais cedo, o blog de Andréia Sadi também noticiou que o empresário e sócio do grupo Libra, Gonçalo Torrealba, contradisse a resposta dada por Temer a investigadores da PF de o coronel João Batista Lima Filho jamais teria atuado como “arrecadador de recursos” de campanhas eleitorais do emedebista.

Torrrealba teria dito ter recebido um pedido da parte do coronel Lima para que efetuasse doação para a campanha eleitoral de Temer à Câmara dos Deputados “há mais de dez anos”. Lima, assim como Temer, é investigado pela suspeita do recebimento de propina por meio do chamado decreto dos portos, que teria beneficiado empresas do setor portuário, dentre elas o grupo Libra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + um =