Até veículos da Defesa Civil municipal foram usados pelos prefeitos para chegar ao evento em que o presidente pediu votos

Por Mariana Costa – EM

Prefeitos de municípios de Minas Gerais chegaram ao evento de campanha do presidente Jair Bolsonaro (PL), nesta sexta-feira (14/10), em Belo Horizonte, usando carros oficiais, que são custeados com dinheiro público.
O prefeito do município de Santo Antônio do Rio Abaixo, Alexandre Rodrigues de Souza, por exemplo, chegou ao local do evento, na Avenida Raja Gabaglia 1.143, dirigindo o carro da prefeitura. Santo Antônio fica a 170 quilômetros da capital, na região central do estado.

Dinarte Henrique Guedes de Ornelas, prefeito de Formoso, outro que viajou com carro oficial até Belo Horizonte para o ato de campanha de Bolsonaro, disse que o convite para participar do encontro foi feito pela Associação Mineira dos Municípios (AMM) e pelo deputado estadual Gustavo Santana, que é apoiado por ele sobre o custeio para se deslocar até a capital, Ornelas disse que utilizou recursos da prefeitura. “Vim resolver outros assuntos em Belo Horizonte, por isso vim com recursos da prefeitura.” Ele chegou no carro da Câmara de Vereadores do município, junto com o presidente da Casa. “Ontem tive compromissos em Unaí e Paracatu.
Sobre participar de um evento de campanha no horário de expediente na prefeitura, Ornelas disse que “é um agente político”. “Nesse momento, não há expediente na prefeitura.”

Luciano Rabelo Veloso, prefeito de Mirabela chegou ao espaço do evento a pé. Por isso não é possível saber se estava em carro oficial. No entanto, o prefeito afirmou que utilizou recursos próprios para participar da solenidade. Além disso, Veloso ressaltou que a prefeitura não está cumprindo expediente hoje, já que o município emendou o feriado de Nossa Senhora Aparecida

Além dos carros oficiais de Formoso e de Santo Antonio do Rio Abaixo, a reportagem do Estado de Minas flagrou veículos de outras prefeituras, como as de Guricema, Várzea da Palma, Urucânia, São Sebastião da Bela Vista, Resende Costa, São Geraldo do Baixio, Guimaranea, Congonhas e Pará de Minas.

Durante o evento, Bolsonaro agradeceu a presença e apoio de prefeitos e vereadores de Minas que participaram do ato de sua campanha à reeleição, caracterizando assim o ato de campanha.
No site do governo, a informação é de que hoje não há compromissos oficiais do presidente.
O presidente da Associação Mineira dos Municípios (AMM) e prefeito de Coronel Fabriciano, Marcos Vinicius Bizarro (PSDB), afirmou que a entidade não é a organizadora do evento. Segundo ele, a AMM foi convidada a participar do encontro.

“Vamos fazer a pauta municipalista e cada prefeito está custeando a sua vinda. Isso eu até já falei para a coordenação de campanha do PT, o deputado Reginaldo Lopes. Implantaram essa fake news de que a AMM está custeando. Coitada da AMM, não temos recurso financeiro para isso.”
Bizarro ressalta que convocou uma pauta para ambos os candidatos à Presidência da República. “A pauta é comum e vale para os dois partidos. Mas, quem procurou a gente, em 3 de outubro, para a primeira reunião foi o PL. Estamos esperando o PT oficializar a gente.” O presidente da AMM, porém, afirma que até agora não foi procurado pelos petistas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × cinco =