E TOME AUMENTO! Em meio ao caos econômico e da disparada inflacionária, brasileiros pagarão mais caro também nas contas de luz assim que ocorrer mudança de tarifa

O sofrimento do brasileiro com a inflação galopante e o caos econômico imposto pelo governo de Jair Bolsonaro parece não ter fim e a notícia agora é o aumento nas contas de luz anunciado nesta terça-feira (21) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que será feitos por meio de reajustas nas bandeiras tarifárias, que são as cobranças extra adicionadas às contas quando o custo da produção da energia aumenta.

A bandeira verde é a única que seguirá sem reajuste, enquanto a bandeira vermelha patamar II subirá 3,2%. Já na bandeira amarela, o aumento será de 59,5%, ao passo que a bandeira vermelha patamar I ficará 63,7% mais cara. Os novos valores entrarão em vigor a partir de 1° de julho em todo o Brasil.

Atualmente, a bandeira que está em vigor é a verde, o que faz com que reajustes não sejam repassadas neste momento aos consumidores, muito por conta do aumento nos níveis dos reservatórios de água do país. Só que a partir do fim do ano e dos primeiros meses de 2023, a previsão é de que a bandeira mude e então os aumentos passarão a chegar gradativamente na hora de pagar as contas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 4 =