Brasileira bate recorde e fecha Mundial com cinco medalhas (Twitter/Time Brasil)

Foi ao som de Movimento da Sanfoninha, de Anitta, que Rebeca Andrade fechou o Mundial da Ginástica com com cinco medalhas neste domingo (8). Um recorde para o Brasil em uma mesma edição da modalidade que acontece em Antuérpia, na Bélgica. No ano passado, em Liverpool, o Brasil havia subido no pódio três vezes.
A paulista de 24 anos teve um ouro no salto, duas pratas, no individual e equipes, e bronze na trave. Ao fechar a Copa do Mundo, Rebeca Andrade conquistou mais uma prata no solo com 14,500 pontos. Ela também igualou o recorde de número de medalhas em uma única edição de Mundiais ao lado de César Cielo. O nadador atingiu a meta em 2014, com 3 ouros e 2 bronzes.

Flávia Saraiva esteve ao lado de Rebeca no pódio, fazendo uma dobradinha brasileira. A carioca de 24 anos conquistou o bronze com 13,966 pontos, sendo a primeira medalha na carreira em mundiais.
A grande vencedora do solo foi a americana Simone Biles com 14,633 pontos. Essa foi a primeira competição internacional da americana desde a pausa de dois anos no esporte. Com a conquista, Simone terminou o mundial com quatro ouros e a 23ª medalha em Antuérpia.

Mais cedo, Rebeca Andrade havia conquistado a quarta das medalhas do Mundial, com um bronze nos saltos. A brasileira desponta como a principal adversária de Simone Biles, maior ginasta de todos os tempos em número de medalhas olímpicas, nos Jogos Olímpicos de Paris 2024.

A norte-americana também conquistou 5 medalhas na Copa do Mundo da Bélgica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × quatro =