Acidentes com motocicletas representam cerca de 65% das ocorrências; números aumentam no período de férias e a MCTrans faz campanha para reduzir acidentes.

Por Valdivan Veloso, do G1 Grande Minas

Os acidentes envolvendo motos representam cerca de 65% dos 2.777 casos registrados entre os meses de janeiro e novembro deste ano, em Montes Claros. Os dados divulgados pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) mostram que neste período foram 1.843 acidentes com motos, enquanto que no ano passado foram 1.879. Em 2016 o Samu resgistrou 2.163.

A redução apontada nos dois anos seguidos, segundo o Samu, está diretamente ligada às campanhas de prevenção realizadas em parceria com os órgãos de fiscalização e socorro. “Temos o Núcleo de Educação Permanente (Nep) que atua sempre com campanhas de conscientização. Hoje temos o projeto Samuzinho nas escolas, que trabalha com palestras aos pais e alunos. As campanhas sempre contribuem para a redução no número de acidentes”, explica a médica coordenadora do Samu, Lílian Fernandes.

O Samu divulgou ainda que neste ano foram realizados 465 atendimentos de vítimas de acidentes com carro, 210 atendimentos de ocorrências de atropelamento e 259 acidentes envolvendo bicicletas.

De acordo com a coordenadora médica do serviço, a maioria dos acidentes está relacionada ao desrespeito às leis de trânsito.

“A maioria das vezes um dos envolvidos cometeu a infração. Também a velocidade excessiva é causadora de acidentes. Aí, o motociclista se encontra mais suscetível a lesões, pois está exposto apenas com o capacete. Já o condutor e passageiro dos carros têm o cinto de segurança e a própria lataria dos veículos, que ameniza os impactos”.

Período de férias
A MCtrans afirma que o número de acidentes na região aumenta nos meses de janeiro e fevereiro. Com o objetivo de alertar os motoristas, o órgão inicia nesta sexta-feira (21) a campanha “Boas Festas, Sem Acidentes”.

“O objetivo é orientar os motoristas sobre os cuidados a serem adotados no trânsito neste período, tanto nas rodovias quanto na área urbana. Estaremos fazendo panfletagem na BR-251, saída de Montes Claros para Salinas”, explica o diretor da MCtrans, José Wilson Guimarães.

Algumas medidas, de acordo com José Wilson, podem diminuir a probabilidade de acidentes. “Bebida e direção não combinam. Então, se for beber não dirija. Outro ponto que aconselhamos é o planejamento da viagem, que deve conter um tempo de descanso, pois o sono também é um fator causador de acidentes”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 2 =