Por Juca Kfouri – Folha SP

Bolsonaro dá tiro no pé em charge de Aroeira Imagem: Aroeira/Vermelho

Jair Bolsonaro disse que não cumpriria a intimação de comparecer à Polícia Federal para depor sobre a intentona golpista do dia 8 de janeiro, nesta quinta-feira, 22 de fevereiro.

Apelou ao STF neste sentido e o ministro Alexandre de Moraes reafirmou a necessidade de que ele cumpra a intimação.

Bolsonaro quer ter acesso, por exemplo, aos termos da delação premiada de seu ex-braço direito, Mauro Cid, para evitar ser pego na mentira.

Era só o que faltava: ele ter acesso ao que está sob segredo de Justiça e é essencial ao inquérito.

Mas Bolsonaro deve se colocar acima de tudo isso, da Justiça, da PF, do STF, do Brasil, só sob Deus, e simplesmente não ir.

Mostrar que é macho.

Se redimir de ter entregado sua motocicleta, revólver e celular quando assaltado no Rio, no que fez muito bem, diga-se de passagem, mas que não orna com quem prometeu metralhar os petistas.
Ou minimizar o vexame de pedir para Michel Temer escrever uma cartinha para que ele pudesse fazer as pazes com Alexandre de Moraes depois de tê-lo xingado.
Ou de ir para a Flórida no dia anterior ao fim de seu mandato com medo de ser preso, respaldado por 800 mil reais lá depositados.
Tudo isso pode ficar para trás se Bolsonaro mostrar ao STF, à PF, ao Brasil e ao mundo que ele é mais valente até que Donald Trump.

Não decepcione seus seguidores, Messias, nem que seja para ser preso. Já imaginou como estará a Paulista?

Vai que é tua, Bolsonaro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − 12 =