A deputada Shéridan Oliveira foi vítima de um comentário machista durante votação de denúncia contra Michel Temer no plenário.

Do Blog de Dimas Roque – A deputada Sheridan, filiada ao PSDB de Roraima, que foi chamada de “gostosa” por um dos deputados durante a votação na Câmara e que salvou o presidente Michel Temer de ser investigado, resolveu tirar essa história a limpo.

Ela decidiu entrar com uma representação no Conselho de Ética da Câmara pedindo a investigação e quer saber quem foi.

Ausente no dia, Sheridan foi avisada pela filha sobre o ocorrido e se sentiu agredida em sua honra.

Caso o Conselho de Ética acate a representação da deputada, acontecerá no parlamento um fato inusitado que é a investigação de um parlamentar por emitir a sua opinião no plenário da Câmara e que para a deputada agredida, foi ofensivo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − 3 =