Brendan Allen atinge André ‘Sergipano’ Muniz durante luta no UFC Vegas 70 Vegas 70

Na luta principal do UFC Vegas 70, chegou ao fim a invencibilidade do montes-clarense André Muniz dentro da principal liga de MMA do mundo. Após emplacar cinco vitórias seguidas na empresa, Sergipano foi finalizado por Brendan Allen no terceiro round e perdeu a oportunidade de adentrar no top 10 da categoria dos pesos-médios (84 kg).

Atual número 11 do ranking, o brasileiro mediu forças contra um adversário até então não ranqueado. No entanto, na prática, o confronto foi bastante equilibrado – com leve vantagem de cada lutador nos dois primeiros assaltos. No terceiro e último round, Sergipano foi finalizado via mata-leão nos últimos segundos de disputa.

“Teve tanta gente falando tanta besteira. Mas para todos que me apoiaram, muito obrigado. Eu sabia que ele iria tentar me levar para o chão, então quis me adiantar e fazer isso primeiro. Meu treinador acreditou que eu conseguiria a finalização. Sou abençoado por ter um adversário tão duro”, declarou o americano.

A luta O início de combate contou com os lutadores trocando chutes baixos. Em seguida, Brendan fez Sergipano andar para trás após desferir um direto limpo no rosto do rival. Em resposta, André aplicou um belo chute giratório no abdômen do americano. Com pouco mais de um minuto restante, o brasileiro tentou a queda no ‘single leg’, mas Allen se desvencilhou da pegada. Na reta final, os atletas trocaram golpes francos até o soar da buzina. O primeiro momento de destaque do segundo round foi de Sergipano, com uma sequência de jab e direto. No meio do assalto, o brasileiro conseguiu o movimento de queda, mas Allen reverteu a posição durante o berimbolo e acabou caindo por cima no centro do octógono. No chão, o americano conseguiu alcançar a meia-guarda e ampliar a dominância sobre André com um ground and pound perigoso. Com mãos rápidas, Sergipano balançou Brendan duas vezes no primeiro minuto do último round. Mais inteiro na reta final, o brasileiro atraía o americano para conectar os contragolpes mais contundentes. No entanto, no melhor momento do mineiro na luta, Allen aplicou uma ótima queda e cravou o rival no solo. Nos últimos segundos, o americano atacou as costas e aplicou um mata-leão certeiro, que obrigou Sergipano a dar os ‘três tapinhas’ em sinal de desistência.

Uol

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 5 =