Eder Tadeu
Diretor clínico do HDG

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema Neto participou na tarde da última sexta-feira (28/6) da inauguração da Unidade de Extensão em Oncologia Clínica, em Brasília de Minas e que atenderá toda as cidades que compõe a microrregião de saúde deste município.

Em Brasília de Minas, a Unidade de Extensão em Oncologia funcionará em Parceria entre a Fundação de Saúde Dilson de Quadros Godinho/Hospital Dilson Godinho (HDG), Prefeitura Municipal e a Gerência Regional de Saúde de Januária.
Romeu Zema ressaltou as melhorias significativas na área da Saúde que estão sendo feitas por todo o Estado, e destacou a nova unidade de extensão oncológica, realizando série de investimentos na saúde para descentralizar o atendimento e, assim, contemplar todas as cidades mineiras com serviços que antes eram realizados nos grandes centros.
“Nós estamos trabalhando para levar o atendimento de saúde mais próximo da casa do mineiro e, isso tem ocorrido em todo o Estado”, disse o governador.
Éder Tadeu Pinheiro Brandão, diretor administrativo da Fundação de Saúde Dilson Godinho destacou o momento histórico e de grande importância para a cidade de Brasília de Minas e para toda a sua microrregião de saúde.
“A saúde é um direito fundamental de todo cidadão, e a inauguração desta unidade representa um avanço significativo no cuidado oncológico em nossa região. Sabemos que o tratamento do câncer são desafios enormes para muitas famílias, e a proximidade de uma unidade de extensão pode fazer toda a diferença na luta contra essa doença”, disse o diretor administrativo.
Porta de entrada
Ainda em sua fala, Éder Tadeu ressaltou que apesar da importância da inauguração da unidade de Brasília de Minas e da unidade de Pirapora – ocorrido na manhã de sexta-feira –, a porta de entrada para o diagnóstico continuará sendo o Hospital Dilson Godinho, em Montes Claros, garantindo a manutenção da excelência no atendimento e diagnóstico.
“Com essas duas novas unidades, o acesso ao tratamento oncológico na região norte de Minas Gerais será ampliado significativamente, descentralizando o atendimento e facilitando o atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Elas foram projetadas e equipadas com a mais alta tecnologia e contarão com uma equipe de profissionais altamente qualificados, dedicados e comprometidos com a excelência no atendimento”, finalizou o diretor administrativo.
O prefeito de Brasília de Minas, Marcus Vinícius Ferreira Carvalho destacou a importância de o atendimento ficar mais próximo da população, sem precisar de longas e cansativas viagens durante o tratamento oncológico.
“Aqui, os pacientes poderão receber tratamentos precisos e adequados e, principalmente, um atendimento humanizado, que respeite e acolha cada indivíduo em sua singularidade e dignidade. Antes, muitos pacientes precisavam se deslocar para grandes centros urbanos, como Montes Claros e Belo Horizonte, em busca de atendimento especializado, enfrentando longas viagens e, muitas vezes, deixando para trás suas famílias e redes de apoio. Agora, pretendemos reduzir essas barreiras e proporcionar um cuidado mais acessível e eficaz, permitindo que mais pacientes tenham acesso aos cuidados especializados mais próximos de suas residências”, ponderou o prefeito de Brasília de Minas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + 19 =