A Universidade Estadual de Montes Claros empossou mais seis professores aprovados no Concurso Público, em cerimônia realizada sexta-feira e presidida pela vice-reitora, Ilva Ruas de Abreu, e pela pró-reitora de Ensino, Helena Amália Papa. Os empossados são dos Departamentos de Artes, Ciência da Computação, Comunicação e Letras, Odontologia e de Política e Ciências Sociais. Esta foi a nona solenidade de posse, cujas provas foram aplicadas em 2014 e 2015, com a oferta de 637 vagas em 27 departamentos.

A vice-reitora Ilva Ruas Abreu destacou que a Unimontes recebeu os aprovados no concurso com “muita alegria e satisfação” e a instituição alcançou o percentual de praticamente 80% dos integrantes do seu corpo docente como efetivos. “Os professores aprovados no concurso contribuem para uma universidade cada vez mais consolidada. Juntamente com os servidores, poderemos superar os desafios e alcançar a nossa missão de fazer da Unimontes uma grande universidade”, ressaltou Ilva Ruas. A vice-reitora salientou ainda destacou o compromisso e a responsabilidade dos professores por atuarem numa universidade pública.

Os professores empossados enfatizaram suas perspectivas de trabalho na instituição a partir da aprovação. “Acredito a posse dos docentes a partir do concurso público é fundamental para a estruturação da universidade, que reconhece o trabalho dos professores. É um fator importante também para o Norte de Minas, que tem a Unimontes como referência para seu desenvolvimento”, afirmou o professor Felipe Teixeira Martins, empossado no Departamento de Política e Ciências Sociais. “Espero que eu possa exercer minhas atribuições na universidade, contribuindo para a melhoria da sociedade nos aspectos republicanos, sociais e culturais”, assegurou.

Também vinculado ao Departamento de Política e Ciências Sociais, o professor Camilo Antônio Silva Lopes disse que a posse na Unimontes representa um grande conquista em sua vida. “Primeiro, é a realização de um sonho, por poder reforçar o trabalho numa instituição que, além de formar pessoa, divulga os saberes e o desenvolvimento da gente norte-mineira. Posso dizer também que a minha a aprovação no concurso era um sonho da minha mãe, falecida há pouco tempo”, confessou Camilo Lopes. “A minha perspectiva é poder trabalhar na universidade e contribuir na realização de sonhos de outras pessoas”, acrescentou.

Empossada no Departamento de Odontologia, a professora Daniella Reis Barbosa Martelli afirmou que sua proposta é contribuir para o avanço do ensino e da pesquisa na Unimontes. “O meu objetivo é trabalhar para que a Universidade possa crescer cada vez mais”, declarou Daniella Barbosa Martelli, que lembrou também do esforço empreendido para aprovação no concurso público.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 3 =