No Brasil, o melhor país do Mundo, o sistema governamental é falho. Em Montês Claros, existem exemplos comprobatórios envolvendo as Companhias de Abastecimento e Saneamento (Copasa) e de Energia (Cemig).

Falta de ação preventiva da Copasa e Cemig, causa prejuízo e transtorno para a cidade (Foto: Pedro Neto)

Há mais de um ano uma junta de manilha da Copasa está estragada ou simplesmente frouxa e jorra água no canal de esgoto da Avenida José Corrêa Machado, Bairro Ibituruna, em frente a portaria do nosso belo Espaço Sagarana. A estatal já foi comunicada várias vezes e nada fez. O desperdício continua.
Na madrugada desta terça-feira, dia 20, um poste de luz dobrou ao meio, coincidentemente na mesma Avenida, na rotatória do Shopping Ibituruna. A fragilidade destes postes que em grande parte estão com as com o concreto rachado e ferragem exposta coloca a vida da população em risco.
Enfim, não existe ação preventiva. Tantos a manilha quanto o poste deveriam passar por vistorias. Os dois estão estragados e os reparos só correm depois de muitos estragos ou tragédias.

Mas no país tupiniquim, nós, brasileiros, só conhecemos obrigações. Os direitos estão só na Constituição. No cotidiano, estamos ao Deus dará…

* Jornalista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × dois =