A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu nesta terça-feira (7) quatro homens suspeitos de integrar um esquema de pedofilia em Pirapora, no Norte de Minas. O ex-prefeito do município, Warmillon Fonseca Braga foi um dos detidos da operação Egeia, que busca combater crimes de exploração sexual.
As investigações começaram em julho deste ano após denúncia feita pelos pais de uma vítima de 13 anos, que foi aliciada pelos investigados para realizar programas de prostituição. Os policiais apreenderam o celular de uma adolescente que aliciava outras menores e conseguiram identificar responsáveis pelo grupo e clientes após buscas no dispositivo. Três clientes do esquema criminoso já haviam sendo presos desde o início das investigações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − seis =