Em agenda no Sul de Minas, governador retrucou presidente do Senado, manteve falas de entrevista polêmica e criticou a forma como a matéria foi publicada

Por Bernardo Estillac _ Estado de Minas

Romeu Zema (Foto: Reprodução/CNN)

O governador Romeu Zema (Novo) comentou sobre a repercussão gerada pelas falas dele sobre o Nordeste em entrevista publicada no último sábado (5/8) n’O Estado de S. Paulo. Durante visita a Poços de Caldas, no Sul de Minas, na quarta-feira (9/8), ele manteve o discurso, fez críticas sobre o título da matéria do jornal paulistano e ainda emendou indiretas ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG).

“Nós temos de lembrar que, quem leu a minha matéria, entendeu muito bem o que eu quis dizer, está lá a minha matéria. Acho que nós tivemos uma manchete muito infeliz por parte do jornal. Da mesma maneira que outras regiões, nós queremos que os interesses de Minas, do Sudeste, do Sul, sejam atendidos. O que nós queremos é o que o Nordeste já fez. Não tem associação de municípios aqui na região? Não pode ter associação de estados? Por que em algumas regiões pode ter e em outras regiões não podem ter?”, afirmou Zema.

O governador mineiro ficou sob os holofotes desde o fim de semana pela repercussão, majoritariamente negativa, de trechos da entrevista em que trata sobre o que considera uma discrepância de representatividade política e acesso ao orçamento por estados do Sul e Sudeste em relação ao Norte e Nordeste.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × cinco =